Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Bolsonaro sairá de herói

Presidente tem rara oportunidade de uma agenda positiva com a população se vetar aumento do fundo eleitoral

Por Matheus Leitão 19 jul 2021, 17h30

O presidente Jair Bolsonaro está diante de uma oportunidade única: pode se sair bem com a população se vetar o aumento dos recursos para o fundo eleitoral que foi aprovado por deputados e senadores na última semana.

Enquanto o Brasil enfrenta uma crise econômica profunda causada pela pandemia do coronavírus, os parlamentares decidiram quase triplicar os recursos que serão destinados aos partidos nas eleições de 2022.

A julgar pela frase do dia publicada nesta coluna, há grandes chances de Bolsonaro vetar os quase R$ 6 bilhões que podem ser usados na campanha do próximo ano.

A decisão não é tão simples como parece: se vetar o aumento, Bolsonaro será herói para a população e vilão para os parlamentares. Os partidos não vão gostar da ideia de ter menos dinheiro.

Se autorizar o aumento, o presidente deve perder ainda mais apoio popular e, em contrapartida, fará um aceno aos partidos que o apoiam.

Por mais difícil que seja, a expectativa é de que o presidente discorde do aumento. Este não é o momento de aumentar gastos. Pelo contrário. É preciso ter consciência do buraco no qual o país se encontra e agir para que os mais de 14 milhões de brasileiros que estão desempregados tenham uma chance de voltar ao mercado de trabalho.

Continua após a publicidade
Publicidade