Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Bolsonaro confirma que CPI da Covid estava certa

Facebook e Instagram tiram do ar live mentirosa (e criminosa) do presidente. CPI sempre o acusou de divulgar fake news sobre a pandemia

Por Matheus Leitão 25 out 2021, 08h31

Depois que Jair Bolsonaro foi várias vezes acusado pela CPI da Covid de espalhar notícia falsa, o presidente da República soltou uma fake news das mais levianas e viu o Facebook e o Instagram derrubarem sua live semanal.

Bolsonaro leu uma fake news que alertava que “vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]”. A “notícia” vinha de um site bastante conhecido por divulgar fake news.

É inacreditável que o presidente da República divulgue mais esta mentira em uma rede social para a nação. Mais inacreditável ainda é que o Facebook e Instagram tenham demorado tanto tempo para tomar medidas como esta.

Mas, enfim, antes tarde do que nunca (isso é tema de outra coluna).

Agora, é importante frisar novamente que Bolsonaro continua, a esta altura dos acontecimentos, usando a presidência do país para levar desinformação em relação à saúde dos brasileiros.

Leitores, são 19 meses de pandemia. Dezenove. Não é mais possível que o país aguente tamanha irresponsabilidade e desfaçatez.

Ele, o presidente, não conseguiu mobilizar nem mesmo sua base com esse movimento anti vacina, como já dito aqui, mas chegou ao absurdo de fazer essa afirmação criminosa. Divulgar fake news é crime. Quando isso coloca em risco a saúde tem um agravante.

Continua após a publicidade

Publicidade