Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Weintraub compara protestos à torcida da Portuguesa e clube rebate

Ministro da Educação ironiza tamanho de ato na avenida Paulista; time afirma que ele deveria se ocupar com temas mais nobres para o país

Por Giovanna Romano - Atualizado em 14 ago 2019, 18h39 - Publicado em 14 ago 2019, 17h38

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, ironizou a concentração dos manifestantes na Avenida Paulista na terça-feira 13, comparando-os com a torcida da Associação Portuguesa de Desportos. Em uma postagem em sua conta oficial do Twitter, Weintraub compartilhou uma foto dos atos contra os cortes no orçamento da pasta e contra o projeto Future-se, organizados pela União Nacional Estudantil (UNE) e entidades sindicais. “A Leões da Fabulosa levou todos os torcedores do time do Canindé para comemorar”, escreveu.

O texto fez referência ao último título do Campeonato Paulista conquistado pelo clube paulistano, no ano de 1973, e à maior torcida organizada da Portuguesa. Weintraub disse também que a “frota de combis [sic] congestionou a alameda Santos” e que “o fornecimento de pães está suspenso até amanhã”. Com a postagem, o ministro deu a entender que são poucos os integrantes da torcida, o que irritou o clube.

“O excelentíssimo ministro da educação deveria se ocupar em temas mais nobres para o país do que fazer chacota com o sentimento de milhares de torcedores da Portuguesa”, rebateu o clube, também pelo Twitter, cobrando uma postura mais séria de Weintraub. A resposta da Lusa, como é conhecido o time na capital paulista, veio nesta quarta-feira, 14, durante a comemoração de seu aniversário de 99 anos.

Além do descontentamento, o clube paulistano corrigiu o seu nome completo. O ministro, no post original, referiu-se ao time como “Portuguesa Futebol Clube”. “Aliás, o nome da Lusa é Associação Portuguesa de Desportos, e não Portuguesa Futebol Clube”, rebateu o time.

Publicidade

Publicidade