Clique e assine a partir de 8,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Seis viram réus por prejuízo milionário em fundo de pensão dos Correios

Justiça abre ação contra o ex-presidente Alexej Predtechensky, o ex-diretor Adilson da Costa e quatro ex-membros do comitê de investimentos do Postalis

Por Gabriel Mascarenhas - 13 out 2020, 17h13

A Justiça Federal em Brasília acolheu uma denúncia contra seis acusados de causar prejuízos de R$ 4 milhões ao Postalis, o fundo de pensão dos Correios.

Com a decisão, tornaram-se réus no processo o ex-presidente do fundo Alexej Predtechensky e o ex-diretor Adilson Florêncio da Costa, assim como quatro ex-membros do comitê de investimentos do Postalis: João Carlos Esteves, Mônica Neves, José Carlos Souza e Ricardo Azevedo.

O sexteto vai responder por gestão temerária. De acordo com a investigação da Procuradoria da República do Distrito Federal, responsável pelo caso, “houve descaso e falta de critério dos administradores” na aprovação de aportes de R$ 50 milhões num determinado fundo objeto da apuração.

Publicidade