Clique e assine com até 92% de desconto
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

São Paulo: Covas derrotaria Russomanno, Boulos ou França no segundo turno

Segundo pesquisa XP/Ipespe sobre a disputa para a prefeitura paulistana, o tucano bateria com facilidade os seus três principais adversários

Por Da Redação 5 nov 2020, 10h15

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) venceria com facilidade os seus três principais adversários em um eventual segundo turno na eleição deste ano para a prefeitura paulistana, segundo pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta quinta-feira, 5.

Nas simulações, o tucano teria 50% contra 37% de Celso Russomanno  (Republicanos). Já contra Guilherme Boulos (PSOL), ele teria 52% contra 25%. Se o adversário fosse o ex-governador Márcio França (PSB), o atual prefeito venceria por 51% a 29%.

Na sondagem estimulada sobre o primeiro turno, Covas lidera com 27%, seguido por Russomanno, com 22%, e Boulos, com 16%. Como a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, Russomanno e Boulos estão empatados tecnicamente.

Na sequência, aparecem França, com 8% — que está empatado tecnicamente com Boulos –, e Jilmar Tatto (PT), com 5% — este empatado na margem de erro com França.

Mudança de voto

Entre os entrevistados, 78% responderam ter mantido a escolha do candidato desde o início da campanha, e apenas 14% disseram ter mudado de voto. Dos eleitores que trocaram de candidato ou decidiram anular ou votar em branco, 27% tinham Russomanno como opção.

A pesquisa ouviu 800 eleitores paulistanos nos dias 26 e 27 de outubro e foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número SP-06526/2020.

Continua após a publicidade
Publicidade