Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Rio de Janeiro: Bolsonaro e Lula têm empate técnico em corrida para 2022

Nos dois cenários sondados pelo Paraná Pesquisas, eles têm cerca de 30% dos votos, com o presidente numericamente à frente, mas dentro da margem de erro

Por Da Redação Atualizado em 3 jun 2021, 01h18 - Publicado em 3 jun 2021, 07h00

O presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estão empatados tecnicamente na corrida pela Presidência da República em 2022 entre os eleitores do estado do Rio de Janeiro nos dois cenários pesquisados pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 28 de maio e 1º de junho.

No primeiro cenário, com a presença do ex-juiz Sergio Moro e do apresentador Luciano Huck, Bolsonaro tem 34,2% contra 30,3% de Lula – a margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos (veja quadro abaixo).

Na segunda simulação, sem Moro e Huck, Bolsonaro tem 35,2% das intenções de voto contra 32,2% de Lula – os dois continuam, portanto, empatados dentro da margem de erro (veja quadro abaixo).

Rejeição

Tanto Bolsonaro quanto Lula têm rejeições altíssimas, em torno de metade do eleitorado.

Quando o candidato é o presidente, 47,8% dos entrevistados afirmaram que não votariam nele de jeito nenhum enquanto 27% disseram que fariam isso com certeza – outros 22,5% declararam que poderiam votar.

Já com Lula, 49,5% rejeitam totalmente a sua candidatura enquanto 22,2% afirmaram que o escolheriam nas urnas com certeza – outros 26,9% disseram que poderiam votar.

Na eleição presidencial de 2018, Bolsonaro foi bem melhor em seu berço político. Ele teve 59,79% dos votos válidos no primeiro turno e 67,95% no segundo na disputa contra Fernando Haddad (PT).

A pesquisa foi feita por meio de entrevistas pessoais telefônicas (sem o uso de robôs) com 1.530 eleitores de 44 municípios do estado do Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade
Publicidade