Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Reprovação a Bolsonaro sobe cinco pontos em pouco mais de um mês em SP

Taxa dos eleitores paulistas que consideram o seu governo ruim ou péssimo saltou de 42,1% no início de maio para 47,8% em junho, segundo o Paraná Pesquisas

Por Da Redação Atualizado em 15 jun 2021, 12h46 - Publicado em 15 jun 2021, 12h32

A desaprovação ao governo Jair Bolsonaro cresceu quase cinco pontos no Estado de São Paulo em pouco mais de um mês, segundo levantamentos feitos pelo instituto Paraná Pesquisas.

No período, a aprovação da gestão caiu de 45,6% para 40,1%, enquanto a de desaprovação subiu de 49,4% para 54,7%. O primeiro levantamento foi feito entre 28 de abril e 1º de maio, enquanto o segundo foi realizado entre os dias 7 e 10 de junho.

Quando questionado sobre como avaliam o governo, a taxa de ruim/péssimo subiu de 42,1% para 47,8%, enquanto a de ótimo/bom oscilou de 33,8% para 30,9% — o índice dos que consideram regular foi de 22,7% para 20,2% (veja quadros abaixo).

Na pesquisa mais recente, a desaprovação a Bolsonaro chega a 68,1% entre os jovens de 16 a 24 anos – ela também é alta entre as mulheres (63,1%) e entre os moradores da região metropolitana de São Paulo (62,2%).

Já as maiores aprovações se dão entre os homens (50,3%), entre os moradores do interior e litoral (47,3%) e entre eleitores com ensino médio (43,4%).

Nos dois levantamentos, a margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Na pesquisa de junho, foram ouvidos 1.818 eleitores em 84 municípios paulistas.

  • No último sábado, 12 de junho, Bolsonaro realizu um passeio de motocicleta com simpatizantes no estado — o percurso saiu do sambódromo, seguiu até a cidade de Jundiaí e terminou no Ibirapuera. Segundo a Polícia Miitar, o ato reuniu 12.000 veiculos.

    Continua após a publicidade
    Publicidade