Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PSDB decide manter data das prévias para o próximo domingo

Partido encontrou falhas no app que registrará votação e houve pressões de aliados de Eduardo Leite para adiamento, mas até o governador gaúcho foi contra

Por Bruno Ribeiro 16 nov 2021, 17h33

Depois de duas reuniões ao longo desta terça-feira, 16, os membros da comissão eleitoral do PSDB decidiram manter para o próximo domingo, 21, a data das prévias do partido para a escolha do candidato à Presidência da República. Uma série de falhas no aplicativo para celular que irá contabilizar os votos havia motivado discussões, na noite de segunda-feira, 15, sobre o adiamento da data, após manifestação de membros da comissão ligados ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. A proposta havia provocado uma reação conjunta dos adversários João Doria e Arthur Virgílio, que chegaram a divulgar uma carta em que consideravam a proposta “inaceitável”. Por fim, o próprio Leite foi ao Twitter se manifestar contra a mudança.

Nas reuniões desta terça, ficou acertado que a fabricante do aplicativo irá corrigir as falhas, que foram encontradas por outra empresa, contratada pelo PSDB para fazer uma auditoria no sistema. O ponto mais grave, na avaliação de alguns tucanos, era que o sistema permitia que pessoas não filiadas à legenda pudessem se inscrever para votar.

O aplicativo será usado pela maioria dos integrantes da legenda, mas prefeitos e outros dirigentes terão de ir para Brasília no domingo, para uma votação presencial, feita também de maneira eletrônica. Ontem foi o último dia para que membros do partido se inscrevessem no app.

Em meio às disputas, o governador Doria, que foi fazer campanha na tarde desta terça em Porto Alegre, irá se encontrar com Leite no Palácio Piratini, para uma visita de cortesia.

Continua após a publicidade

Publicidade