Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Prévias do PSDB: Doria faz a quarta viagem em busca de apoios no Nordeste

Depois de contar com declarações de apoio de Rio Grande do Norte e Sergipe, Doria, que gosta de lembrar que é filho de baiano, mira os tucanos da Paraíba

Por Bruno Ribeiro 21 out 2021, 11h46

Depois de conseguir apoio declarado dos tucanos do Rio Grande do Norte e de Sergipe, o governador de São Paulo, João Doria, deposita mais fichas nos estados do Nordeste na disputa das prévias do PSDB para a escolha do candidato à Presidência da República.

O paulista, que gosta de lembrar que é filho de baiano — seu pai, João Agripino da Costa Doria Neto, deputado federal cassado pela ditadura, nasceu em Salvador –, aterrissa nesta sexta-feira na Paraíba, onde fica até sábado e se reúne com integrantes do partido.

É a quarta vez que Doria vai para o Nordeste na campanha das prévias, que estão marcadas para o dia 21 de novembro. A Paraíba tem três deputados tucanos na Câmara e nenhum senador.

Nas contas da equipe do paulista, ele já tem apoios de tucanos do Tocantins, Acre, Pará, Sergipe e Distrito Federal. Já o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, seu principal rival nas prévias, recebeu apoios de Minas Gerais, Bahia, Goiás, Ceará, Alagoas e Paraná.

Em nenhum dos estados, porém, há a “porteira fechada”, com apoio de todos os eleitores filiados à legenda. Em São Paulo, por exemplo,  Leite, tem feito uma ofensiva em busca de apoio de tucanos descontentes com Doria. Segundo a contas do paulista, entretanto, ele tem  61% dos votos dos membros do PSDB aptos a votar nas prévias, enquanto Leite teria 29%.

Continua após a publicidade

Publicidade