Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PGR pede ao Supremo para Geddel voltar à cadeia

Condenado por lavagem de dinheiro no caso do bunker que escondia 51 milhões de reais em Salvador, ex-ministro está em domiciliar por ter tido Covid em 2020

Por Da Redação 31 ago 2021, 19h56

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), a revogação da prisão domiciliar concedida no ano passado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, quando ele foi contaminado pela Covid-19. Se o pedido for aceito, Geddel deve voltar para a prisão. Ele e seu irmão, o ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima, ambos do MDB da Bahia, foram condenados pelo STF por lavagem de dinheiro por causa do episódio do “bunker” que ocultava mais de R$ 51 milhões em dinheiro vivo.

No pedido enviado ao STF nesta terça, 31, a subprocuradora-geral Lindora Araújo afirma que, “passado mais de um ano desde a concessão da prisão domiciliar, tem-se por presumível que Geddel Quadros Vieira Lima tenha sido vacinado contra a Covid-19”, o que autoriza que volte à cadeia.

Publicidade