Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pesquisa: na terra de Renan, Bolsonaro fica quase dez pontos atrás de Lula

Levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas mostra que o presidente fica atrás do petista em Alagoas, reduto político do relator da CPI da Covid

Por Da Redação 28 abr 2021, 11h42

O presidente Jair Bolsonaro aparece quase dez pontos percentuais atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corrida presidencial em Alagoas, estado comandado pelo governador Renan Filho (MDB), filho do senador Renan Calheiros (MDB-AL), desafeto do bolsonarismo e que promete ser uma dor de cabeça para o governo no papel de relator da CPI da Covid-19.

No primeiro cenário, o petista tem 36,6% das intenções de voto contra 26,8% do atual presidente – a margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Na sequência, aparecem o pedetista Ciro Gomes (6,6%), o apresentador Luciano Huck (5,8%), o ex-juiz Sergio Moro (5,5%), o tucano João Doria (2,2%), o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, do DEM (1,2%), e João Amoêdo, do Novo (1,1%).

No segundo cenário, Lula tem 39% contra 29,9% de Bolsonaro. Na sequência aparecem Ciro (7,1%), Doria (3%), Mandetta (1,9%) e Amoêdo (1,4%).

Quando o candidato petista é Fernando Haddad, Bolsonaro aparece na frente: tem 29,2% contra 14,7% do adversário na campanha eleitoral de 2018 – na ocasião, no entanto, Haddad derrotou Bolsonaro no segundo turno por 44,75% contra 34,40% dos votos válidos.

  • A pesquisa foi feita entre os dias 22 e 26 de abril por meio de entrevistas pessoais telefônicas com 1.220 eleitores de 44 municípios de Alagoas

    Continua após a publicidade
    Publicidade