Clique e assine a partir de 9,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Olimpio sobre suicídio de ex-presidente do Peru: ‘Tomara que a moda pegue’

Alan García se matou com tiro na cabeça antes de ser preso no caso Odebrecht; internautas criticaram postagem do senador

Por Giovanna Romano - 18 abr 2019, 11h50

O senador Major Olimpio (PSL-SP) ironizou na noite de quarta-feira 17 o suicídio do ex-presidente do Peru, Alan García. O peruano se matou com um tiro na cabeça na manhã de quarta, antes de ser preso em seu país. Ele era acusado de receber propina da construtora brasileira Odebrecht.

“Tomara que esta moda pegue aqui no Brasil. Seria uma grande economia para o país”, afirmou o senador em sua conta oficial no Twitter.

Nas redes sociais, a maior parte dos internautas criticou a postagem do senador. “Que triste o nível ético de um comentário como este vindo de uma autoridade. Ultrapassamos qualquer limite de decoro e humanismo. Tempos sombrios e desumanos”, escreveu uma seguidora. “Um senador defendendo o suicídio, tratando o tema com desleixo e desrespeito. Esse é um assunto delicado, perigoso e que atinge uma grande parcela da população. Vossa excelência deveria ter vergonha de ser tão baixo”, criticou outro.

Olimpio sempre se colocou como oposição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que foi preso pela Operação Lava Jato há um ano. Em 2016, durante cerimônia de posse de Lula como ministro da Casa Civil no Palácio do Planalto, o então deputado federal gritou “vergonha” quando a presidente Dilma Rousseff (PT) ia começar seu discurso.

Continua após a publicidade
Publicidade