Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Moro se encontra com Zema em Minas Gerais para discutir apoios em 2022

Pré-candidato do Podemos à Presidência da República visita segundo maior colégio eleitoral do país e discute 'convergências' com governador do Novo

Por Leonardo Lellis Atualizado em 24 nov 2021, 01h35 - Publicado em 24 nov 2021, 07h00

O ex-juiz Sergio Moro, pré-candidato do Podemos à Presidência da República, e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), se encontram em um almoço nesta quarta-feira, 24, em Belo Horizonte, com objetivos distintos: enquanto Moro acena ao segundo maior colégio eleitoral do país, o governador dá mais um passo para se afastar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A reunião ocorrerá no Palácio Tiradentes, sede do governo estadual, com a presidente do Podemos, Renata Abreu, e o deputado federal Igor Timo, presidente da legenda no estado. Em pauta, estará a discussão de apoios em 2022. “Há uma série de convergências, uma identidade de bandeiras e o trabalho que Zema tem feito serve de referência”, afirma Timo, responsável por alinhavar o encontro.

Antes de ir a Minas, Moro foi ao Senado, onde defendeu uma proposta alternativa à PEC dos Precatórios e criticou a política econômica do governo Bolsonaro. A proposta foi apresentada pelo senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) e prevê a abertura de espaço fiscal para pagamento do Auxílio Brasil a partir de outras fontes de custeio, sem alterar o cronograma de pagamentos dos precatórios, e limita as malfadadas emendas de relator a 0,5% da Receita Corrente Líquida (RCL).

Publicidade