Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula marcou encontro com FHC, mas desistiu após notícia vazar

Segundo o petista, reunião para discutir o cenário político com o tucano tinha até local combinado, mas foi cancelada após jornais publicarem a informação

Por Da Redação Atualizado em 20 jul 2017, 17h53 - Publicado em 20 jul 2017, 16h36

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta quinta-feira que chegou a acertar um encontro com outro ex-presidente, Fernando Henrique Cardoso (PSDB), para discutir o cenário político do país, mas que desistiu após ver a notícia do encontro publicada nos jornais.

As declarações foram dadas em entrevista transmitida ao programa “Na Sala do Zé”, do canal Ultrajano, do jornalista José Trajano, no Youtube. Também participaram como entrevistadores outros dois jornalistas esportivos, Juca Kfouri e Antero Greco.

“Fale para ele [FHC] que eu topo. Acertamos até a casa [onde se reuniriam]. No dia seguinte, estava na imprensa (…) Ora, aí não dá, se você fala para a imprensa antes de construir um resultado”, afirmou.  Kfouri disse que a casa onde se reuniriam seria a de José Gregori, ex-ministro de FHC. “Você é quem está dizendo”, disse Lula, sorrindo.

Lula elogiou FHC, recordou que ele esteve presente às primeiras reuniões que levaram à fundação do PT nos anos 1980 e a transição “democrática” entre os dois governos conduzida por Antonio Palocci, que viria a ser ministro da Fazenda do petista, e Pedro Parente, então chefe da Casa Civil do governo tucano.

Fernando Henrique Cardoso e Lula - 21-08-1978
Lula e Fernando Henrique Cardoso, durante campanha de FHC, então no MDB, ao Senado, em foto de agosto de 1978 Fernando Pereira/JB/Dedoc

Lula também lembrou que PT e PSDB estiveram juntos em outras oportunidades e citou o apoio petista às eleições de Mario Covas para governador de São Paulo em 1994 e 1998.

Continua após a publicidade

Para o petista, o afastamento entre ambos ocorreu porque FHC apostava no fracasso de seu governo para que pudesse voltar ao poder na eleição seguinte. “Acho que ele teve um problema. Não soube digerir o meu sucesso”, disse.

A última vez que os dois se encontraram foi no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, quando a esposa do petista, a ex-primeira-dama Marisa Letícia, em fevereiro deste ano, quando FHC foi se solidarizar com Lula.

Veja a íntegra da entrevista:

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade