Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula lidera na Bahia, que desaprova Bolsonaro, mostra pesquisa

Paraná Pesquisas mostra ex-presidente com 47,1% das intenções de voto em reduto tradicionalmente petista, contra 23,7% do atual mandatário

Por Leonardo Lellis Atualizado em 11 ago 2021, 09h26 - Publicado em 11 ago 2021, 09h13

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto na Bahia, estado que é reduto tradicional de votos nos candidatos petistas. Segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisas, Lula tem 47,1% das intenções de voto contra 23,7% do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A pesquisa estimulada mostra, na sequência os nomes do ex-ministro Ciro Gomes (8,7%), do ex-juiz Sergio Moro (3,8%), do governador paulista João Doria (2%) e do presidente do Senador Rodrigo Pacheco (0,6%).

O instituto também testou um cenário sem Lula, com o governador Rui Costa em seu lugar na disputa. Nesta hipótese, o petista lidera em seu estado com 32,7%, seguido por Jair Bolsonaro, que tem 24,2%. Ciro Gomes soma 13,3% das intenções de voto, enquanto Moro tem 4,5%, Doria, 3,7% e Pacheco 1,2%.

A presença de Lula na campanha de Jaques Wagner, pré-candidato do PT ao governo da Bahia também é capaz de alterar a disputa pelo Palácio da Ondina. Embora o ex-prefeito de Salvador ACM Neto lidere com folga nos cenários pesquisados, Wagner se aproxima do demista quando seu nome é associado ao apoio de Lula.

Aprovação

O instituto mediu ainda a popularidade de Bolsonaro no estado: 22,9% consideram o governo federal ótimo ou bom; 20% acham regular; 56% classificam a administração do capitão ruim ou péssima – 1,2 não sabe/não opinou. Desaprovam o governo Bolsonaro 62,7%, enquanto 32,7% aprovam – 4,6% não sabe/não opinou.

Com o governador Rui Costa, que apoiará Wagner à sua sucessão, a situação se inverte: 50,9% dos baianos consideram a administração petista ótima ou boa; 27,1% a considera regular e 20,3% acham ruim ou péssima – não sabe/não opinou soma 1,6%. Quanto à aprovação, 66% aprovam a gestão de Costa enquanto 28,9% a desaprovam – 5,1% não sabe/não opinou.

O instituto ouviu 2.008 eleitores entre os dias 4 e 7 de agosto através de entrevistas telefônicas. A margem de erro é estimada em dois pontos para mais ou para menos.

Continua após a publicidade

Publicidade