Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Líder do Centrão diz que PEC da 2ª instância ‘não passa de jeito nenhum’

Parlamentar afirma que matéria 'é bastante controversa' e demandaria 'esforço hercúleo' do governo Bolsonaro

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que derrubou a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância, o ministro Dias Toffoli disse que o Congresso tem autonomia para alterar a Constituição Federal. Na esteira da declaração, a ala lavajatista da Câmara dos Deputados começou a articular a tramitação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata do tema e aguarda deliberação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

Na avaliação de uma liderança do Centrão, que falou sob anonimato, porém, o texto “não passa de jeito nenhum”. Segundo o cacique do bloco partidário informal composto por DEM, PP, PL, PRB, PTB, PSD e Solidariedade, a matéria é bastante controversa e demandaria um esforço hercúleo do governo Bolsonaro, que não possui uma base de apoio consolidada no Parlamento.

A declaração de Toffoli sobre a autonomia do Congresso também não foi bem recebida pelas lideranças, que avaliam que esta foi uma forma de jogar para o colo dos parlamentares a decisão sobre um tema polêmica. Se a medida não for aprovada, diz o líder partidário, deputados e senadores tomarão “porrada” dos eleitores.

Há, ainda, um outro complicador. Nos bastidores, Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, disse a interlocutores que não tem interesse em enfrentar o STF. O grupo de parlamentares próximos a Maia avalia que, embora a prisão após condenação em segundo grau seja um assunto importante, a Corte não pode pautar o Parlamento.

A postura do deputado federal Felipe Francischini (PSL-PR), presidente da CCJ, também é vista com ressalva pelo cacique do Centrão, que afirma que ele quer faturar em cima da decisão do Supremo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Bandarra

    Resumo. Sem AI 5 país não tem futuro.

    Curtir

  2. Paulo Bandarra

    Os poderes não representam o povo.

    Curtir

  3. ViP Berbigao

    kkkkkk…. isso o Brasil inteiro sabe q não passará!!!! Inacreditável são Roses e Celsius acharem o contrário!!!!! kkkkkkkkk

    Curtir

  4. ViP Berbigao

    Eita dinheiro mal gasto com esse Judiciário cego surdo e mudo!!!!! kkkkkkk

    Curtir

  5. ViP Berbigao

    Q maravilha? O Brasil inteiro rindo da cara do stf?? Mas eles estão nem aí???? Os escritórios de ‘adevocacia’ nunca ganharam tanto dinheiro na vida!!!! Ou seriam puxadinhos dos gabinetes das excelêcnias? lkkk

    Curtir