Clique e assine a partir de 9,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Líder da OAB vê ‘desvio de caráter’ em quem apoia Bolsonaro; Moro rebate

Em café com jornalistas, Santa Cruz disse que não é recebido no Ministério da Justiça; ministro pede que ele deixe de ser 'militante político-partidário'

Por Da Redação - Atualizado em 11 dez 2019, 14h58 - Publicado em 11 dez 2019, 14h15

O ministro Sergio Moro (Justiça) tomou as dores do chefe Jair Bolsonaro e saiu para o ataque contra o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, que, em café da manhã com jornalistas, disse que quem apoia o presidente “é porque tem algum desvio de caráter”.

No mesmo café da manhã, Santa Cruz também disse que Bolsonaro arregimentou o apoio dos “30% que têm os piores sentimentos”, como racismo, machismo e homofobia.

Disse, ainda, que não duvida que algum integrante da família Bolsonaro esteja envolvido no assassinato da vereadora Marielle Franco e afirmou que não consegue ser recebido por Moro, mesmo liderando a principal entidade de advogados do país. “Não tem diálogo, nem na ditadura isso acontecia”, afirmou.

Moro respondeu afirmando que receberá Santa Cruz assim que o presidente da OAB abandonar a sua “postura de militante político-partidário” e suas ofensas ao presidente Bolsonaro. Veja o tuíte abaixo.

Twitter/Reprodução
Publicidade