Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Herman se confunde e agradece Temer no lugar de Gilmar Mendes

Em sessão do Tribunal Superior Eleitoral nesta quinta-feira, o ministro afirmou que gostaria de “agradecer ao presidente Michel”, corrigindo-se rapidamente

Por Da redação - Atualizado em 8 jun 2017, 11h41 - Publicado em 8 jun 2017, 11h39

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, relator da ação contra a chapa Dilma-Temer que está em julgamento, confundiu-se durante a sessão desta quinta-feira e disse que gostaria de “agradecer ao presidente Michel”, em referência a Michel Temer (PMDB), em vez de Gilmar Mendes, líder da Casa. Rapidamente, Herman corrigiu-se e disse “o outro também é presidente, embora réu aqui”.

O ministro relator fez a confusão enquanto agradecia funcionários do tribunal ao seu trabalho à frente da relatoria do caso, provocando risos dos demais ministros.

Gilmar Mendes, vale lembrar, costuma frequentar jantares no Palácio do Jaburu, onde reside o presidente da República.

Publicidade