Clique e assine com até 92% de desconto
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ex-governador do Rio preso? Qual deles?

O deputado federal Chico Alencar (Psol-RJ) ironizou nesta quarta-feira a prisão do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho pela Polícia Federal: “Quando me contaram, aqui em Brasília, que um ‘ex-governador do RJ acaba de ser preso’, tive a certeza de que era o… Sérgio Cabral”, afirmou o parlamentar por meio do Twitter. Mas a confusão, admita-se, […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h20 - Publicado em 16 nov 2016, 12h57

O deputado federal Chico Alencar (Psol-RJ) ironizou nesta quarta-feira a prisão do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho pela Polícia Federal: “Quando me contaram, aqui em Brasília, que um ‘ex-governador do RJ acaba de ser preso’, tive a certeza de que era o… Sérgio Cabral”, afirmou o parlamentar por meio do Twitter. Mas a confusão, admita-se, faz algum sentido. Afinal, assim como Garotinho, Cabral também tem sua vida política bastante enrolada com o Judiciário.

O peemedebista manteve relações pouco republicanas com o dono da Delta Engenharia Fernando Cavendish, que negocia um acordo de delação premiada com a Lava Jato e promete detalhar supostos pagamentos de propinas que envolvem políticos do PMDB e obras realizadas no Rio. O empresário já comprovou que presenteou a esposa de Cabral com um anel de brilhantes no valor de 800 mil reais à pedido do ex-governador, além do mimo, Cabral e Cavendish também já fizeram viagens juntos, frequentaram restaurantes de luxo e até um show do U2. Secretários de Cabral já foram eternizados em momentos de curtição em uma foto onde aparecem dançando com guardanapos na cabeça ao lado de Cavendish em Paris. A Delta Engenharia chegou a receber 1,5 milhão de reais da gestão Cabral.

Continua após a publicidade
Publicidade