Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Denúncia contra Temer: Globo exibirá votos de deputados ao vivo

Emissora passará a transmitir sessão da Câmara assim que os parlamentares começarem a votar; na primeira denúncia, TV deixou de mostrar o Jornal Nacional

Por Da Redação Atualizado em 25 out 2017, 09h38 - Publicado em 24 out 2017, 18h58

A TV Globo confirmou que irá suspender a sua programação normal a qualquer momento nesta quarta-feira para transmitir os votos dos deputados sobre o arquivamento ou não da denúncia por organização criminosa e obstrução de Justiça contra o presidente Michel Temer (PMDB) feita pela Procuradoria-Geral da República.

Na primeira denúncia da PGR, por corrupção passiva, a votação dos deputados – individual, ao microfone, como será nesta quarta-feira – invadiu a noite e obrigou a emissora a, pela primeira vez na história, deixar de exibir o Jornal Nacional, o mais importante produto jornalístico da Globo.

Desde 1969, quando o jornal foi criado, ele já havia sido encurtado ou começado mais cedo ou mais tarde que o seu horário habitual em razão de fatos relevantes que ocorriam no horário de sua exibição, mas nunca havia deixado de ir ao ar.

Além de não exibir o JN, a Globo também deixou de mostrar, por causa da votação da primeira denúncia, a novela A Força do Querer – sucesso da emissora –  e iniciou as transmissões da rodada do Campeonato Brasileiro com os jogos já em andamento.

A decisão da Globo de mostrar o voto de cada deputado vai influenciar a estratégia dos deputados na sessão desta quarta-feira, que deve começar às 9h. A oposição vai tentar adiar ao máximo o início da votação para obrigar os governistas a defenderem o voto em Temer no horário nobre da emissora – já os aliados do presidente vão querer que a votação ocorra em momento de menor audiência televisiva.

Continua após a publicidade

Publicidade