Clique e assine a partir de 9,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Daciolo critica apoio de Edir Macedo a Bolsonaro: ‘Falsos profetas’

Líder da Igreja Universal e proprietário da TV Record anunciou apoio ao presidenciável do PSL em página no Facebook

Por Da redação - Atualizado em 1 Oct 2018, 11h21 - Publicado em 30 Sep 2018, 23h25

O candidato do Patriota, Cabo Daciolo, criticou o líder da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) e proprietário da TV Record, Edir Macedo, por ter declarado apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL). Daciolo, que é evangélico e entrou no estúdio da emissora com uma bíblia nas mãos, afirmou que o livro sagrado do cristianismo já previa a existência de “falsos profetas” e que todos os votos “pertencem à Deus”.

“Hoje, as Igrejas são comandadas por maçons. A Bíblia diz que as Igrejas devem redistribuir as riquezas, para que ninguém passe necessidade”, criticou o deputado federal, em referência à Universal. Daciolo voltou a “profetizar” que ele será eleito presidente da República em primeiro turno, com 51% dos votos.

Antes, ele protagonizou o primeiro momento cômico do debate da Record ao chegar à emissora. O deputado pediu ajuda aos jornalistas para desmentir os perfis falsos criados em seu nome nas redes. Ele mostrou seu celular, um modelo tão simples que “dá para atirar no chão que ele não quebra”, o que o presidenciável efetivamente demonstrou. A única funcionalidade da qual ele necessita, diz, é a “lanterna para subir o monte”.

Publicidade