Clique e assine a partir de 9,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Carlos interpela Freixo no STF por citar ‘crimes’ de filhos de Bolsonaro

Defesa do vereador, filho do presidente, quer que o deputado responda a quatro perguntas sobre postagem no Twitter

Por João Pedroso de Campos - Atualizado em 29 Jun 2020, 18h12 - Publicado em 29 Jun 2020, 10h35

O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, interpelou judicialmente no Supremo Tribunal Federal (STF) o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) para que o parlamentar apresente explicações sobre um tuíte em que cita, sem entrar em detalhes, crimes “cometidos por Jair Bolsonaro e seus filhos”.

ASSINE VEJA

Wassef: ‘Fiz para proteger o presidente’ Leia nesta edição: entrevista exclusiva com o advogado que escondeu Fabrício Queiroz, a estabilização no número de mortes por Covid-19 no Brasil e os novos caminhos para a educação
Clique e Assine

Na publicação, feita por Freixo em 15 de junho, o deputado compara os supostos delitos da família presidencial, sem citá-los, aos cometidos pela militante extremista Sara Winter, líder do movimento 300 do Brasil, que foi presa temporariamente por ordem do STF no âmbito do inquérito que apura organização e financiamento de atos antidemocráticos.

Na petição encaminhada ao Supremo, a defesa de Carlos Bolsonaro, feita pelo advogado Flávio Wanderley Britto, alega que Freixo associa “atos praticados por terceiros” a Bolsonaro e seus filhos e faz “imputação [abstrata] de crimes” a eles. A interpelação sustenta que as declarações não estão amparadas pela imunidade parlamentar e que o deputado pode ter cometido os crimes de calúnia, difamação e injúria. O ministro Celso de Mello foi sorteado relator da interpelação.

Ao final do documento, a defesa de Carlos enumera quatro perguntas a Marcelo Freixo, para que “sejam esclarecidas as entrelinhas das ofensas atreladas à maliciosa retórica contida no texto acima apontado, a exemplo da referencia a crimes cometidos pelo Presidente da República e filhos”:

1. A que pretexto o Notificado/Interpelado associa supostos crimes praticados por terceiros aos filhos de Jair Messias Bolsonaro?

Continua após a publicidade

2. A quais filhos o Notificado/Interpelado faz referência?

3. Em caso de referência a Carlos Bolsonaro, quais crimes o Notificado/Interpelado o atribui?

4. Caso atribuída a prática de crimes à Carlos Bolsonaro, queira o Notificado/Interpelado descrever e especificar quais provas sustentam tais imputações.

Publicidade