Clique e assine com até 92% de desconto
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Carlos Bolsonaro é eleito, mas perde posto de vereador mais votado do Rio

Votação do filho do presidente despencou em relação a 2016 e ele viu o rival Tarcísio Motta, do PSOL, receber mais votos

Por Juliana Castro Atualizado em 18 nov 2020, 19h44 - Publicado em 15 nov 2020, 23h57

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) foi reeleito com uma votação acima da média. Tem a lamentar apenas que perdeu o título de candidato a vereador mais votado da cidade do Rio. Com 100% das urnas apuradas, Carluxo ficou em segundo lugar, com 71.000 votos. Em primeiro lugar, ficou o rival do Zero Dois na Câmara Municipal do Rio, o vereador Tarcísio Motta, do PSOL, que tem 86.243 votos computados.

A votação de Carlos foi bem menor do que em 2016, quando ele foi o mais votado, com 106.657 votos. A mãe do Zero Dois, Rogéria Nantes, ficou fora da Câmara de Vereadores. Recebeu com 2.034 votos. 

Publicidade