Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Conteúdo para assinantes

Brasil teve 290 denúncias de violência contra a mulher por dia em 2020

Segundo balanço divulgado neste domingo por Damares Alves, 72% dos casos ocorreram dentro de casa; novo painel mostra perfil das vítimas e dos suspeitos

Por Tatiana Farah 7 mar 2021, 16h52

O Brasil registrou no ano passado 290 denúncias de violência contra a mulher por dia. São mais de 12 denúncias por hora feitas aos serviços federais Ligue 180 e Disque 100. Os casos, que somam 105.671, foram apresentados neste domingo, 7, pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Segundo o ouvidor nacional de Direitos Humanos, Fernando Ferreira, os números não podem ser comparados aos anos anteriores porque o ministério mudou a metodologia dos registros. No entanto, comparados os dois semestres do ano passado, pode-se anotar que o impacto da Covid-19 no Brasil foi sentido com mais força no primeiro semestre, quando foram registradas 58.827 denúncias, contra 46.844. Na ocasião, a ministra afirmou que as denúncias de violência contra a mulher cresceram até 35% em relação a 2019 (comparados os meses de abril de cada ano).

Em evento para divulgar os dados em Brasília, o governo lançou o painel de dados das violações de direitos humanos, em que podem ser depurados vários vieses de pesquisa, definindo critérios como perfis das vítimas e dos suspeitos e tipos de violação, entre outros.

  • A maioria das denúncias reporta a violência que acontece dentro de casa, com 72% dos casos (75.753). Os outros 28% dizem respeito a violações de direitos civis e políticos, tráfico de pessoas e cárcere privado. A violência contra a mulher representou no ano passado 30,2% das 349.850 denúncias feitas ao governo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade