Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Autoridades se calam sobre incêndio em hospital no Rio de Janeiro

O prefeito Crivella e o presidente Bolsonaro foram às redes sociais na noite desta quinta, mas não falaram nada sobre a tragédia

Enquanto dezenas de profissionais da saúde e dos corpo de bombeiros trabalham no resgate e atendimento dos pacientes do Hospital Badim, que pegou fogo na noite desta quarta-feira 12, deixando mortos, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella usou as redes sociais para falar sobre beijo gay e autonomia de táxis. Nenhuma linha foi dedicada pelo chefe da administração municipal aos pacientes e familiares da vítima que morreu no incêndio.

O presidente Jair Bolsonaro , internado no hospital Vila Nova Star devido a uma cirurgia, também não escreveu sobre o acidente que deixou pelo menos um morto, de acordo com informações do corpo de bombeiros. As atenções do chefe do Planalto se voltaram para criticar a “grande imprensa”.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, se manifestou sobre o episódio no início da madrugada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s