Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Até o papa já falou sobre a matança de Manaus. Temer? Nem um pio

O que o presidente está esperando para comentar as 56 mortes de pessoas sob a tutela do Estado?

O papa Francisco fez orações pelas vítimas da rebelião no presídio de Manaus na primeira audiência geral de 2017, realizada nesta quarta-feira. Ao todo, 56 pessoas morreram barbaramente no complexo penitenciário Anísio Jobim após uma rebelião. “Exprimo dor e preocupação pelo que aconteceu. Convido a todos para rezar pelos mortos, pelos seus familiares, por todos os presos daquele presídio e por aqueles que lá trabalham. E renovo meu apelo para que os institutos penitenciários sejam locais de reeducação e de reinserção social e as condições de vida dos presidiários sejam dignas de pessoas humanas”, disse o sumo pontífice.

Nesta terça, de acordo com uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a avaliação no Planalto era de que a ação do governo já estava sendo cumprida com a atuação do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, que foi para Manaus. Segundo auxiliares de Michel Temer, o presidente iria aguardar o “diagnóstico” de Moraes e apenas depois definir se tomará ações. Moraes já foi, viu, falou e voltou para Brasília. Temer segue em silêncio.

É difícil entender o que Temer está esperando para comentar as 56 mortes de pessoas sob a tutela do Estado. A tragédia expôs negativamente o país em jornais de todo o mundo e o presidente da República não diz uma palavra sobre o assunto. O mínimo que ele poderia fazer seria lamentar e condenar as mortes. Na melhor das hipóteses, poderia anunciar parcerias do governo federal com o Amazonas para sanar a crise, ou ainda um plano nacional para tentar humanizar e controlar o sistema prisional medieval brasileiro. Não fez uma coisa nem outra. Prefere um silêncio constrangedor.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Fernando Meireles

    Chega, já deu deixa o cara governar, já cansou o fora Temer, volta lula (Deus nos livre ), voces as vezes atrapalham, mais que ajudam, criticando tudo.

    Curtir

  2. Ailton Silva

    Parece ate que a indignacao do Papa vai comover bandidos e troristas . Pura demagogia . Alias para os presos essa matanca foi uma festa, fizeram o que eles mais gostam de fazer quando estao soltos nas : matar. Sendo que essa festanca foi mais empolgante com direito a se degolarem entre si.

    Curtir

  3. A mídia em geral dá tanta importância para um bando que criminosos que se mataram entre si que chega a dar nojo!! Garanto que não tem nenhum cidadão de bem com pena , não tinha nenhum santo lá dentro e fica a pergunta porque quando um policial é assassinado por estes marginais a mesma não pede um pronunciamento do presidente??

    Curtir

  4. João Vittienzo Paulino

    Não eram pessoas… Eram monstros que já mataram, estupraram… Graças a deus o mundo ficou mais leve… Direitos humanos é pra quem se comporta como gente e não pra animais selvagens!

    Curtir

  5. Gilberto Carvalho

    E quem se importa?

    Curtir

  6. Tem gente bem doentinha por aí, e é tudo “gente boa”! Afinal, o que significam 60 presos massacrados, para o país recordista mundial em assassinatos, com mais de 50 mil anuais (fora os de trânsito)? Não à toa – e assim faz um pavoroso sentido – essa campanha nacional que está na mídia e nas ruas: “Gente boa também mata”.

    Curtir

  7. Marcelo Rizzo

    A covardia de quem defende a morte de qualquer pessoa, mesmo presos, pessoas que são a escória de uma sociedade baseada no ódio, com certeza o Brasil vai piorar muito antes de melhorar.

    Curtir

  8. felipe vieira

    Eu moro aquiem Manaus e o estado do Amazonas e que mais gasta com preso com relação a outros estados cerca de 5000 por mês isso é um absurdo é isso tudo com nosso dinheiro já foram tarde espero que tenha mais

    Curtir

  9. Não sejamos simplistas. Comentar o que? Comentar pra que? Só pra satisfazer uma oposição vingativa e irresponsável? Bandidos tem uma taxa de 70% de reincidência. Vou traduzir: se você concede liberdade a pessoas perigosas, considerando sua humanidade (que eles não consideram nos outros), sete em cada dez vão se envolver novamente em crimes, matando ou morrendo. O buraco é (muito) mais em baixo.

    Curtir

  10. Estas insanidades não são causa neste governo parcial. Herança maldita de governos que saem desta república destruída, disfarçados e incompetentes.Parem de dizer meias verdades. Esta nojeira deixada, leva tempo para ser limpada.

    Curtir