Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

As derrotas de ‘Moro’ nas eleições

Em todo o Brasil, quase 50 candidatos invocaram o sobrenome Moro, em referência ao famoso juiz da Operação Lava Jato, para tentar conquistar o voto do eleitor. Ao contrário das investigações sobre o petrolão, cujo sucesso pode ser medido, por exemplo, pelas 106 condenações de lobistas, políticos e empresários, nas urnas o nome “Moro” não […]

Por Laryssa Borges Atualizado em 30 jul 2020, 21h40 - Publicado em 2 out 2016, 23h17

brasil-juiz-federal-sergio-moro-brasilia-20160804-01

Em todo o Brasil, quase 50 candidatos invocaram o sobrenome Moro, em referência ao famoso juiz da Operação Lava Jato, para tentar conquistar o voto do eleitor. Ao contrário das investigações sobre o petrolão, cujo sucesso pode ser medido, por exemplo, pelas 106 condenações de lobistas, políticos e empresários, nas urnas o nome “Moro” não foi capaz de conquistar o apoio do eleitorado. Em Curitiba, cidade onde se concentra a maior parte dos processos da Lava Jato, o candidato a vereador Moro (PRP) teve apenas 1.718 votos e ficou na 107ª posição entre os mais votados. Ana Moro (PDT), ainda na capital paranaense, teve desempenho pior: 708 votos.

LEIA TAMBÉM:
Em feito inédito, Doria é eleito em São Paulo no primeiro turno

Em Curitiba, também se candidatou a vereador o homônimo do juiz da Lava Jato. Sergio Moro (PSD) teve míseros 175 votos. Em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, dois Moros se candidataram nestas eleições. Silvia Moro, do PSB, teve 208 votos e Sérgio Moro, do PP, singelos 95 votos. Nenhum dos dois foi eleito. Em Maringá, cidade onde nasceu o verdadeiro juiz Sergio Moro, Ari Domingos Moro (PRB) também não conseguiu se eleger. Foram apenas 119 votos.

Continua após a publicidade
Publicidade