Clique e assine a partir de 9,90/mês
Letra de Médico Por Adriana Dias Lopes Orientações médicas e textos de saúde assinados por profissionais de primeira linha do Brasil

Tratamentos de pele para o outono

O outono é a estação ideal para retomar os tratamentos no consultório. A pele se recupera mais rápido e há redução do risco de efeitos indesejados

Por Adriana Vilarinho - 19 maio 2017, 12h00

Com a chegada do outono e do frio, os consultórios dermatológicos voltam a receber pacientes interessadas(os) em melhorar o aspecto da pele, tirar machas do rosto ou eliminar aquela gordurinha, celulite ou estria – que tanto incomodam.

Assim que o verão acaba, a pele fica desvitalizada, muitas vezes com manchas, lesões vasculares, desidratada e sem brilho. E como o sol já não vai mais atrair a/o paciente para a praia, esse é o momento ideal para retomar os tratamentos no consultório. Além disso, com a temperatura mais amena e com menos sol, a pele se recupera mais rapidamente, além de reduzir os riscos de aparecimento de manchas e outros efeitos indesejados após os tratamentos.

Hora da mudança

Essa é a época ideal para mudar a rotina de cremes faciais diários e incluir formulações à base de ácidos noturnos. Eles vão atuar sobre a renovação celular e, quando associados aos clareadores, o resultado é mais rápido, deixando a pele mais preparada para outros procedimentos.

Procedimentos estéticos recomendados

Para quem sente a pele desvitalizada, com falta de hidratação e de brilho, por exemplo, pode ser realizada aplicação de ácido hialurônico, conhecida como “skinbooster”, que repõe a perda dessa substância na pele, atenua rugas finas e melhora o brilho.

Continua após a publicidade

Essa estação também é propícia para realizar procedimentos com lasers. Se a ideia é cuidar do rosto, pescoço e do colo, uma possibilidade é recorrer ao laser de CO2 fracionado, para atenuar rugas, óstios (poros) dilatados e melhorar a pele. Esse laser também pode ser indicado para o tratamento das estrias.

Já para o tratamento de manchas, como o melasma, essa época é ideal para o uso de clareadores mais potentes associados ao tratamento com lasers, como o laser fracionado (1927nm) ou laser Q-Switched (lasertoning) e, mais recentemente, o laser de picosegundos.

O outono também é ideal para começar a depilação a laser, já que – normalmente – são necessárias várias sessões e idealmente não se deve estar bronzeada para evitar o risco de queimaduras e manchas com esse tipo de laser.

Os tratamentos corporais podem ser realizados durante o ano todo. Hoje em dia, dispomos de muitas opções para o tratamento da gordura localizada, como a criolipólise e o laser de diodo; a radiofrequência que melhora a flacidez e gordura localizada e os tratamentos para celulite – que combinam as tecnologias de radiofrequência, infravermelho e vácuo, e produzem um efeito de sucção e manipulação mecânica dos tecidos, atuando também sobre a produção de colágeno.

Continua após a publicidade

Não devemos esquecer que cada estação do ano tem sua particularidade, mas para uma pele bonita e saudável, devemos tratá-la dermatologicamente o ano todo.

 

Quem faz Letra de Médico

Adilson Costa, dermatologista
Adriana Vilarinho, dermatologista
Ana Claudia Arantes, geriatra
Antonio Carlos do Nascimento, endocrinologista
Antônio Frasson, mastologista
Artur Timerman, infectologista
Arthur Cukiert, neurologista
Ben-Hur Ferraz Neto, cirurgião
Bernardo Garicochea, oncologista
Claudia Cozer Kalil, endocrinologista
Claudio Lottenberg, oftalmologista
Daniel Magnoni, nutrólogo
David Uip, infectologista
Edson Borges, especialista em reprodução assistida
Fernando Maluf, oncologista
Freddy Eliaschewitz, endocrinologista
Jardis Volpi, dermatologista
José Alexandre Crippa, psiquiatra
Ludhmila Hajjar, intensivista
Luiz Rohde,
psiquiatra
Luiz Kowalski, oncologista
Marcus Vinicius Bolivar Malachias, cardiologista
Marianne Pinotti, ginecologista
Mauro Fisberg, pediatra
Miguel Srougi, urologista
Paulo Hoff, oncologista
Paulo Zogaib, medico do esporte
Raul Cutait, cirurgião
Roberto Kalil – cardiologista
Ronaldo Laranjeira, psiquiatra
Salmo Raskin, geneticista
Sergio Podgaec, ginecologista
Sergio Simon, oncologista
Walmir Coutinho, endocrinologista

Publicidade