Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

Vem aí o auxílio-agronegócio

Nunca se ganhou tanto dinheiro no campo, mas pretende-se uma nova rodada de refinanciamento de dívidas da agricultura, com desconte de até 100% nos juros

Por José Casado Atualizado em 28 ago 2021, 14h10 - Publicado em 28 ago 2021, 09h00

Vem aí o auxílio-agronegócio. Nunca se ganhou tanto dinheiro no campo, mas pretende-se uma nova rodada de refinanciamento de dívidas da agricultura.

É coisa para beneficiar cerca de dois milhões de empresários do agronegócio, no próximo ano eleitoral.

Eles têm cerca de R$ 15 bilhões em dívidas não pagas aos bancos públicos, principalmente Banco do Brasil, além de pendências com Funrural etc.

Projeta-se uma renegociação das dívidas, com até 100% de abatimento de juros, e, também, a suspensão de leilões de bens dos devedores.

Um texto está em discussão circuito Casa Civil-Ministério da Agricultura. Outro ganha fôlego no gabinete no ex-presidente Fernando Collor, candidato à reeleição ao Senado pelo PROS de Alagoas, com apoio de Jair Bolsonaro.

Continua após a publicidade

Publicidade