Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Holofote Por Silvio Navarro Os personagens que estão no centro do poder. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Câmara pagou voos do ‘homem da mala’ de Temer

Rocha Loures emitiu bilhetes em série com dinheiro público

Por Silvio Navarro Atualizado em 27 jun 2017, 15h25 - Publicado em 27 jun 2017, 13h16

O relatório da Operação Patmos da Polícia Federal afirma que o deputado Rodrigo Rocha Loures, homem de confiança do presidente Michel Temer, viajou de Brasília para São Paulo em busca de uma mala recheada com com 500.000 reais em propina num voo da Força Aérea Brasileira (FAB). A bordo também estavam os ministros Gilberto Kassab (Comunicações) e Ronaldo Nogueira (Trabalho). Os dois ministros confirmaram que embarcaram na aeronave, num procedimento padrão para integrantes do primeiro escalão do governo.

  • O setor administrativo da Câmara dos Deputados, porém, não entende o motivo de o gabinete de Rocha Loures ter solicitado a emissão de três bilhetes aéreos, no mesmo dia 27 de abril, para o trecho Brasília-São Paulo. A Câmara pagou R$ 2.765,59 à companhia Gol. Ou Rocha Loures passou o dia perambulando pelos ares ou — o mais crível — emitiu passagens em série para não correr o risco de perder o encontro com o despachante da mala da JBS numa pizzaria nos Jardins, na capital paulista.

    Publicidade