Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Holofote Por Silvio Navarro Os personagens que estão no centro do poder. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Aécio quer salvar o mandato

Senador tucano pretende fazer um discurso de defesa na tribuna na próxima semana

Por Silvio Navarro Atualizado em 30 jun 2017, 12h53 - Publicado em 30 jun 2017, 12h44

De volta ao Senado a partir de segunda-feira, Aécio Neves (PSDB-MG) vai se dedicar a um intenso corpo a corpo para evitar o risco de perder o mandato. Após o arquivamento do pedido de cassação pelo presidente do Conselho de Ética, João Alberto (PMDB-MA), um grupo de cinco senadores — José Pimentel (PT-CE), Lasier Martins (PSD-RS), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), João Capiberibe (PSB-AP) e Pedro Chaves (PSC-MS) — assinou recurso para a reabertura do caso. Manter o mandato — leia-se, o foro privilegiado — e assim evitar a caneta pesada da Justiça de Curitiba é a prioridade do tucano nas próximas semanas. Aécio também pretende fazer um enfático discurso de defesa na tribuna, direcionado ao próprio partido, uma vez que a ala que cobra sua saída definitiva da presidência da sigla cresceu muito nos últimos dias — Tasso Jereissati (CE) é nome consensual para sucedê-lo no cargo.

Publicidade