Clique e assine com até 92% de desconto
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Vídeo – Caiado se impõe contra Vanessa Grazziotin: “Meu patrimônio tem origem, diferente dos que me atacam”

"Não me transformei em fazendeiro depois que virei político", diz senador

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 30 jul 2020, 22h30 - Publicado em 14 jun 2016, 15h53

Comentei em tempo real pelo Twitter o duelo da madrugada desta terça-feira entre Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) na sessão da comissão do impeachment sempre tumultuada pela Bancada da Chupeta.

Reproduzo as tuitadas a respeito, o vídeo correspondente obtido e editado por este blog, e os comentários que se seguiram:

– 0h20: Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) diz que aqui não é fazenda de Ronaldo Caiado (DEM-GO). Ele diz que tem fazenda porque trabalhou, ao contrário dos que o atacam.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=lt7eMtb2H_c?feature=oembed&w=500&h=375%5D

– Vanessa Grazziotin acusa Caiado de prepotência, cita propriedade privada dele em tom de deboche – e depois afirma que não o atacou. Cinismo.

– 0h30: Fátima Bezerra (PT/RN), como vitrola quebrada, culpa crise internacional pela crise em que Dilma meteu o Brasil. Cinismo sem fim.

Continua após a publicidade

– Lewandowski aceitou recurso petista e liberou perícia no processo de impeachment negada pela comissão. Mas STF é que precisa ser periciado.

– Raimundo Lira designou 3 consultores do Senado para realizar perícia: Diego Prandino Alves, João Henrique Pederiva, Fernando Alvaro Leão.

– Que “peritos” do Senado não se vendam ao PT, nem se deixem pressionar pelos militantes designados para acompanhar a perícia. Estamos de olho.

– Comissão do impeachment não tem a menor obrigação de acatar as conclusões dos consultores do Senado (que viraram “peritos”). Só pra lembrar.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade
Publicidade