Clique e assine a partir de 9,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Vídeo: Ator petista José de Abreu cospe em casal após discussão em restaurante. Eca!

Jean Wyllys faz escola

Por Felipe Moura Brasil - Atualizado em 9 fev 2017, 08h59 - Publicado em 23 abr 2016, 05h12

Abreu

A escola Jean Wyllys de cusparada e fuga já formou um novo aluno.

O ator global José de Abreu cuspiu nos rostos de uma mulher e de um advogado que jantavam juntos em um restaurante japonês em São Paulo na noite de sexta-feira após ser reconhecido e confrontado por ambos em razão de sua militância política em favor do PT.

A cena foi filmada e o vídeo se espalhou rapidamente nas redes sociais na madrugada deste sábado, fazendo com que “Zé de Abreu” chegasse aos primeiros lugares dos trend topics do Twitter.

Continua após a publicidade

Assista.

Se fosse Jair Bolsonaro, as feministas já estariam exigindo sua prisão por cuspir em uma mulher.

Em sua conta no Twitter, Zé de Abreu afirmou que foi ofendido e que cuspiu “na cara do coxinha e da mulher dele”.

Embora o vídeo mostre o advogado sendo contido por um suposto segurança após levantar da mesa revoltado com a cusparada dupla, o ator ainda o chamou de “covarde” por não ter reagido.

Continua após a publicidade

Zé de Abreu tuite

Covarde, na verdade, é Zé de Abreu, que, de pé, agrediu o casal sentado com sua saliva e, não podendo correr como Jean Wyllys, ficou escondidinho atrás do funcionário do estabelecimento para evitar o contra-ataque.

Como o ator acaba de interpretar um chefe de facção em horário nobre da TV Globo, o vídeo parece até cena de novela.

A diferença é que o Zé de Abreu real continua mentindo depois da gravação.

Continua após a publicidade

12 nojo

Felipe Moura Brasil ⎯ https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Publicidade