Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Pedido de impeachment terá parecer favorável na Câmara. Maioria dos brasileiros também é a favor!

A moeda de troca mantém o seu valor para Eduardo Cunha

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 00h13 - Publicado em 27 out 2015, 16h44

impeachment

“A área técnica da Câmara dos Deputados está finalizando parecer em que recomenda ao presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que dê seguimento ao principal pedido de impeachment contra Dilma Rousseff.”

A informação, apurada pela Folha com aliados de Cunha, diz respeito ao pedido assinado por Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal.

Segundo a reportagem, “a recomendação técnica, que é sigilosa, será entregue a Cunha ainda nesta semana. E será sucinta: afirmará apenas que o pedido se enquadra nos requisitos da lei 1.079/50 (que trata do impeachment), no regimento interno da Câmara, e que traz em seu escopo elementos que apontam a indícios de participação da presidente em supostos crimes de responsabilidade.

O embasamento são decretos assinados por Dilma em 2015 que aumentaram em R$ 800 milhões as despesas do Executivo sem autorização do Congresso, além da reprovação das contas da petista de 2014 pelo Tribunal de Contas da União.”

Cunha pode ou não seguir a recomendação da área técnica – e já afirmou que pretende anunciar sua decisão em novembro, provavelmente depois da resposta do STF sobre as liminares golpistas que suspenderam o rito de impeachment determinado pelo presidente da Câmara.

Ele “tem usado esse poder para negociar nos bastidores, com oposição e governo, formas de evitar sua destituição do cargo e a cassação de seu mandato”, em decorrência de seu envolvimento no petrolão.

Em seu jogo pendular, Cunha havia anunciado que colocará em votação nesta semana pautas pró-governo, como:

Continua após a publicidade

– a medida provisória que autoriza o reajuste de três taxas cobradas por órgãos federais – Ancine, Ibama e Cade -;
– o projeto de repatriação de recursos e bens no exterior;
– e a proposta da securitização da dívida ativa de União e estados.

“É uma contribuição que a Câmara dos Deputados quer dar para resolver o problema do buraco financeiro do governo”, disse Cunha ao Globo na segunda-feira.

Para resolver o problema dos brasileiros, no entanto, o caminho é outro.

Uma pesquisa CNI/MDA revelou que, quando perguntados se as pedaladas fiscais, reprovadas pelo TCU, são um bom motivo para cassar o mandato de Dilma, 61,3% responderam que sim.

A maioria da população também recomenda o impeachment, Eduardo Cunha.

Tome vergonha e acolha o pedido de uma vez.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade
Publicidade