Clique e assine a partir de 9,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Ôôô, a Dilma amarelou! Presidente recusa entrevista ao Jornal da Globo, após vexame no Jornal Nacional. Calada, ela é a poetisa do PT! A amarelada da Copa voltou!

Por Felipe Moura Brasil - Atualizado em 31 jul 2020, 03h10 - Publicado em 31 ago 2014, 23h37

Dilma-amuada-_-Foto-O-Globo-440x247Ricardo Setti informou aqui na VEJA.com que Dilma não participará da série de entrevistas de presindenciáveis no “Jornal da Globo”:

Depois de aceitar ser entrevistada pelo Jornal Nacional no dia 18 passado, tal como ocorreu com seus principais adversários, a presidente Dilma Rousseff comunicou sexta-feira à Rede Globo que não participará da sequência de entrevistas com candidatos à Presidência que será realizada pelo Jornal da Globo proximamente.

Não por acaso, a decisão foi adotada e comunicada no mesmo dia em que o instituto Datafolha mostra a presidente petista empatada com Marina Silva (PSB) em intenções de voto para o primeiro turno das eleições, a 5 de outubro, e sendo derrotada por ampla margem — dez pontos — em uma projeção de segundo turno, que se realizará a 26 do mesmo mês.

Comento:

O que será isto senão mais uma amarelada de Dilma, como aquela do discurso inaugural da Copa do Mundo?

Para quem já não se lembra, a presidente fez o discurso na TV para não correr o risco de ser vaiada no estádio, como acontecera no Mané Garrincha, na Copa das Confederações. E se vestiu de verde para a amarelada não dar muito na vista. Dilma compareceu caladinha ao Itaquerão – onde, mesmo assim, acabou hostilizada pela torcida -, quebrando a tradição recente do evento, que contou com declarações de presidentes e primeiros-ministros nas últimas duas décadas. A presidente preferiu mentir longe do público, que bem ou mal sabia que as obras haviam atrasado, que praticamente nenhum dos estádios fora entregue conforme o prometido, que a transparência nos gastos era falsa, que a Lei de Licitações fora jogada no lixo e que a maioria das obras de mobilidade ficou no papel. No dia seguinte ao discurso, ainda teve o cinismo de inaugurar um metrô incompleto em Salvador, que estava em obra há 14 anos.

Continua após a publicidade

Agora, depois do mau exemplo que deu às crianças do Brasil no Jornal Nacional, onde William Bonner a questionou sobre o apoio do PT aos corruptos do partido e Dilma ignorou a corrupção petista na resposta, assim como viria a fazer no debate da Band ao ser questionada por Aécio sobre a corrupção na Petrobras, Dilma amarela para o Jornal da Globo, que curiosamente fez ótima reportagem sobre o desastre atual da economia brasileira (assista aqui).

De William, já bastou o Bonner, não é mesmo? O Waack seria demais para a candidatura de Dilma resistir. Fazer o quê, se a entrevista na Globo não é como a Wikipédia que pode ser adulterada pela militância no Planalto? Parece que a alta cúpula do partido sabe que o silêncio da presidente vale mais que mil palavras de dilmês. Calada, ela é a poetista do PT.

Cantemos de novo, pois, em sua homenagem:

ÔÔÔÔÔÔ
A DILMA AMA-RE-LOU
A DILMA AMA-RE-LOU
A DILMA AMA-RE-LOU… ÔÔÔÔÔÔ

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

Continua após a publicidade
Publicidade