Clique e assine a partir de 9,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Eu sou a Gilma. Eu permiti ocês protestá

Oi, internautas. Eu sou a Gilma. Eu podia estar matânu, eu podia estar sequestrânu, eu podia estar reprimínu, eu podia estar fazênu tudo isso que os cumpânheru de nóis faz em Cuba, na Venezuela e no Irã, e que nóis lutâmu em 68 pra fazê no Brasil… Maaaaaaasss… Eu estou autorizânu ocês protestá, viu? Por enquanto, eu estou […]

Por Felipe Moura Brasil - Atualizado em 11 Feb 2017, 14h16 - Publicado em 17 Mar 2015, 19h25

Oi, internautas. Eu sou a Gilma.

Eu podia estar matânu, eu podia estar sequestrânu, eu podia estar reprimínu, eu podia estar fazênu tudo isso que os cumpânheru de nóis faz em Cuba, na Venezuela e no Irã, e que nóis lutâmu em 68 pra fazê no Brasil…

Maaaaaaasss…

Eu estou autorizânu ocês protestá, viu? Por enquanto, eu estou permitínu.

Continua após a publicidade

Sô muito boa, não sô?, sô.

Na verdade, quero dizê que valeu a pena assaltá banco, assaltá mansão, sequestrá embaixadô e acelerá carro-forte pra explodir soldado: buuuuum!

Agora ocês pode protestá graças à luta daqueles que lutáru contra mim, contra meus ideais socialist… Qué dizê: graças a nóis.

Digo isso com muita humildade. Por quê?

Continua após a publicidade

Porque, se num fosse nóis, ninguém saberia como poderia sê ruim entregar o país pra gente como eu, ocê entendeu?

Porque aquele tempo passou, mas deixou marcas profundas na nossa democracia.

Hoje, ocê veja, eu estou com 67 anos. A corrupção é uma senhora idosa…

E a senhora precisa descansá.

Continua após a publicidade

Tchau, internautas.

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Publicidade