Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

ESPECIAL – Rachel Sheherazade renova com SBT: “O próprio Silvio Santos me falou que eu ficasse tranquila, pois as opiniões irão voltar”. Será que é só depois das eleições?

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 03h53 - Publicado em 9 Maio 2014, 07h11

rachcel muquesO jornalista Ricardo Boechat foi condenado pela Justiça a prestar serviços comunitários por três meses por causa de um comentário de 2011 contra o senador Roberto Requião (PMDB), mas já pode respirar aliviado com pelo menos uma novidade: Rachel Sheherazade não será sua colega de emissora. Durante toda a semana, a apresentadora participou de reuniões com a cúpula do SBT, que tentava dissuadi-la da ideia de ir para a Band, até que no fim da tarde de quinta-feira, após muitas negociações em nova reunião com o vice-presidente José Roberto Maciel e o diretor de programações, Leon Abravanel, seu contrato foi renovado por mais 4 anos.

Rachel falou com exclusividade a este blog sobre a sua decisão de ficar na emissora de Silvio Santos até 2018:

– A proposta da Band me deixou dividida quanto ao meu futuro, mas não foi adiante. Não senti segurança no projeto que eles tinham para mim na emissora. Não ficou claro onde iria atuar: se faria bancada com o Boechat, se iria para o Café com Jornal, ou se estaria junto com o Boris Casoy. Diante das incertezas, achei melhor optar por não trocar de casa.

Ela preferiu não comentar a indireta do âncora do Jornal da Band, o que é bastante “compreensível“. Os índices de audiência do SBT Brasil, o telejornal que Rachel apresenta com Joseval Peixoto, respondem por si mesmos e foram mais um fator de peso na decisão.

– Hoje não competimos mais com o Jornal da Band, que ficou para trás. Isso é uma conquista nossa, da nossa equipe. Não gostaria de deixar o time que está ganhando.

Quanto às opiniões pessoais ao vivo, excluídas em função das ameaças de corte dos R$ 150 milhões em verbas publicitárias da Caixa Econômica Federal, não há previsão de retorno. Será que a pressão do governo obrigará Silvio Santos a esperar passar as eleições?

– É interesse da emissora que as opiniões voltem. Não sei se após as eleições, eles não me falaram de prazo. Mas o próprio Silvio Santos me falou que eu ficasse tranquila, pois as opiniões irão voltar. Acho que ele fala sério, afinal o sucesso do SBT Brasil e o diferencial do programa são exatamente as opiniões dos âncoras. O Joseval Peixoto também sente falta.

Enquanto isso, Rachel continua lendo teleprompter…

– Pois é… A língua coçando para opinar… A pressão do público telespectador também é grande pelo retorno do formato opinativo do jornal, afinal, sem comentários, voltamos a ser um noticiário igual ou muito semelhante aos outros no mesmo horário.

A diretoria garantiu que está focada na formatação de um programa solo, com opinião:

– Eles estão pensando num programa que aborde temas polêmicos e que possa trazer opiniões conflitantes de especialistas e também de leigos, mostrando uma variedade de pontos de vista. A conclusão do programa traria a minha opinião. Mas nada está definido. Acredito que, com o contrato assinado, vamos sentar para pensar o programa. Cada coisa ao seu tempo.

A preocupação demonstrada pelo SBT foi fundamental para a sua permanência:

– Vejo que a empresa tem projetos para mim e não vai desperdiçar minha habilidade como comentarista.

Seguem abaixo outras respostas que ela deu a este blog.

SEGURANÇA E LEALDADE A SILVIO SANTOS:

“O que mais pesou na minha decisão foi a segurança e também minha sensação de lealdade ao Silvio Santos, a quem chamo carinhosamente de ‘gênio da lâmpada’. Por algum tempo, pensei que seria o fim das opiniões e me questionava o que seria do meu futuro profissional. Não queria seguir como leitora de teleprompter e acabar me apagando como pessoa de opinião. Quando conversei com o Silvio e ele me disse que as opiniões voltariam em breve, senti mais segurança na proposta do SBT. Senti-me segura também porque a emissora lutou por mim, se importou comigo, quis minha permanência na casa. Senti-me acolhida e segura, e isso é fundamental para mim, afinal mudei toda a minha vida quando aceitei me mudar para São Paulo e deixar trabalho, família, amigos e projetos de futuro no Nordeste. Não é fácil estar longe de casa, longe do ninho. Preciso me sentir segura aqui.”

RISCOS E PAZ

“Quando deixei o Nordeste há 3 anos para aceitar o convite do SBT, tive que deixar para trás meu trabalho, minha família, meus amigos e também os projetos que tinha feito para o futuro. Abri mão de muita coisa para tentar a vida em São Paulo. Apesar de trabalhar em TV havia 11 anos no meu estado, para o resto do Brasil eu era uma ilustre desconhecida. Poderia ter dado tudo errado. O programa poderia ter despencado na audiência. Os telespectadores poderiam ter me rejeitado ou rejeitado o formato opinativo do jornal. O Joseval Peixoto e eu tivemos que substituir ninguém menos que o Carlos Nascimento. Tínhamos uma redação reticente conosco. Tudo era uma grande incógnita. Então, eu estava arriscando muita coisa quando vim para cá. Por isso, precisava de segurança. Trouxe meus filhos e meu marido, que hoje trabalha aqui em São Paulo. E se eles não se adaptassem? E se ficassem infelizes? Tudo seria minha culpa. Agora, sinto-me em paz. Estou sim na expectativa da volta das opiniões. Elas são minha paixão. Elas mostram quem eu sou, como penso.”

Continua após a publicidade

rac2ÓDIO E AMEAÇAS

“Eu não tenho seguranças, mas o SBT me oferece uma escolta para vir e voltar da emissora. Depois de ameaças nas redes sociais, resolvemos blindar nossos carros. Quanto ao ódio na internet, dos militantes e idiotas úteis de que você sempre fala, é preciso saber lidar com ele. Quem emite opiniões como nós, quem sai da zona de conforto para falar o que pensa doa a quem doer, entra numa zona de guerra. Tem de estar preparado para lutar. Tenho um assessor para administrar minhas redes. Ele bloqueia as pessoas desrespeitosas e os comentários pesados. Se dissesse que não me abalam, estaria mentindo. Mas me sinto cada vez mais forte para lidar com essas pessoas. Agora sei quem ou o que está por trás dessa rede de difamação. Mais cedo ou mais tarde a verdade sempre aparece.”

A REAÇA DO PATRÃO

“No fim das contas, quem manda em tudo é o Silvio Santos e ele é quem decide o que vai ao ar, o que fica, que horário, quem contrata… Eu sou a REAÇA do patrão.” [Link meu.]

DIREITA NA TV

“Imagina o Danilo Gentilli levar a turma da direita para dizer umas verdades em rede nacional! O Danilo simpatiza com a nossa causa. Imagina você levar “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota” e falar sobre sua relação com o Olavo de Carvalho. Vamos fazer a direita sair do armário. Vamos mostrar a nova cara dos liberais e conservadores.”

CHORO E SAUDADE

“Vou participar do Programa da Eliana no dia 18. É um quadro especial chamado Rede da Fama. Algo como um facebook para televisão, onde eu falo quem eu adicionaria ou rejeitaria na minha página. Também mostra umas fotos minhas e eu comento as imagens. Já gravei e devo confessar: chorei pra caramba… Achava que nunca me descontrolaria em público diante das câmeras, mas não teve jeito. Ah, chorei porque eles exibem umas mensagens da família, tipo aquele quadro ‘Arquivo Confidencial’ do Faustão, só que com o formato de internet. E eu sinto muita saudade da minha mãe e ela deixou uma mensagem para mim.”

RELIGIÃO

“Sim, continuo frequentando a igreja. Recebo muito apoio dos irmãos e, quanto mais próxima de Deus, mais segura me sinto, mais fortalecida.”

2018

“Se tenho projetos para 2018? Desde que recebi o convite do Silvio, aprendi que não devo fazer projetos. Que coisas boas acontecem para quem é do bem. Espero apenas que Deus continue conduzindo a minha vida, pois Ele, melhor que eu, sabe o melhor caminho.”

Felipe Moura Brasil – http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter.

Artigos deste blog sobre o curioso caso de Sheherazade:

O cinismo de Ricardo Boechat contra Rachel Sheherazade
– A CENSURA COMO ELA É – Ministro Thomas Traumann pressionou SBT para calar Sheherazade. Reunião foi em Brasília com o “companhêru” Marcelo Parada. Cadê o escândalo na imprensa? Cadê as manchetes nos jornais?
– O Brasil Parada-Dura do PT e a censura à Sheherazade – Se “podemos fazer o diabo quando é hora de eleição”, o ano eleitoral começou mesmo diabólico no SBT
– O curioso caso de Fabio Porchat contra Rachel Sheherazade – Caixa é coisa do passado. Campanha agora é “Vem pedir cabeças você também!”
– Major Olímpio defende Rachel Sheherazade: “Esta jornalista está dizendo a verdade: que o crime está dominando no país, nossas leis são defasadas, menor tem licença para matar, polícia está desaparelhada, policial virou alvo preferencial dos criminosos.”
– Vamos comparar Rachel Sheherazade e Francisco Bosco, em homenagem ao PSOL e ao Sindicato dos Jornalistas
– O curioso caso de Ghiraldelli contra Sheherazade

Ver também: “No Brasil, as discussões geralmente já começam erradas” – Entrevista de Felipe Moura Brasil ao Instituto Liberal

Continua após a publicidade

Publicidade