Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Dilma nega, Neri nega, Chinaglia nega

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 02h41 - Publicado em 7 nov 2014, 02h45
PT nega

Em sentido horário: a presidente Dilma Rousseff; o ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República e ex-presidente do Ipea, Marcelo Neri; e o deputado e ex-presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP)

1.

Dilma NEGA estelionato eleitoral relativo ao aumento dos juros.

Marcelo Neri NEGA interferência para Ipea segurar dados negativos sobre miséria.

Arlindo Chinaglia NEGA que o governo tenha algo a ver com acordo Venezuela/MST.

Há mais de dois mil anos, o poeta romano Ovídio ensinava aos homens que traíam suas mulheres: “Se seus atos, ainda que bem dissimulados, vierem a ser descobertos, mesmo assim, negue-os até o fim. Não seja nem submisso nem mais carinhoso que de costume; estes são os maiores sinais de um coração culpado.”

Quando vejo petistas negando atos comprometedores deles próprios, do partido ou do governo, sempre me lembro de Ovídio, o poeta fanfarrão. Difícil mesmo é encontrar um coração culpado.

2.

Avisamos antes da eleição:

Continua após a publicidade

Governo Dilma esconde

Agora aguentem. Rombo de contas públicas: R$ 20 bilhões. Número de miseráveis: 10,452 milhões.

O PT gosta tanto dos pobres que deixou 371 mil pobres mais pobres ainda.

Parabéns, eleitores da Dilma.

3.

E só para lembrar minhas perguntas de uma semana atrás:

Captura de Tela 2014-11-06 às 23.19.20

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade

Publicidade