Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Até vice de Tarso Genro (PT) declara apoio a Aécio Neves. Beto Grill (PSB) votará em Sartori no Rio Grande do Sul

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 02h48 - Publicado em 22 out 2014, 15h42

Captura de Tela 2014-10-22 às 15.36.17Ah, PT, quem não te conhece que te compre! E quem conhece…

Bem, quem conhece bem de pertinho, como o vice-governador do Rio Grande do Sul, Beto Grill (PSB), eleito junto com Tarso Genro (PT) em 2010, agora está clamando por mudança. E a mudança encarnada hoje se chama Aécio Neves (PSDB). Na noite desta terça-feira em sua página no Facebook, Grill declarou apoio ao tucano para a presidência da República.

Ainda no primeiro turno, o vice de Genro já havia aparecido na propaganda eleitoral do estado fazendo campanha contra a reeleição do petista (veja vídeo no fim deste post) e pedindo voto em José Ivo Sartori (PMDB), da chapa adversária com a qual o PSB está coligado. O partido rompeu com o PT há um ano, quando as duas siglas deixaram de ser aliadas no plano federal, e ele não se intimidou em assumir a posição contrária, ao que Genro disse que a relação entre os dois se manteria respeitosa. Só não sei se é o mesmo respeito que o governador tem pela verdade, como o segundo vídeo ao fim deste post demonstra.

Veja abaixo as declarações completas de Beto Grill, para quem a presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) é “cúmplice da manutenção de privilégios da companheirada”.

APOIO A AÉCIO:

Vou votar no Aécio.

O Brasil parou de crescer. O atual projeto não responde mais, adequadamente. A corrupção está disseminada. Quero a mudança. Confiava no Eduardo. Acreditava na Marina. Agora sou Aécio.

Nesses últimos 30 anos, o povo brasileiro construiu um enorme patrimônio. O Brasil se tornou uma grande potência econômica e um exemplo de políticas sociais de inclusão e distribuição de renda. Nós do PSB contribuímos muito para esse crescimento.

Participamos do governo Itamar Franco e do Governo Lula. Apoiamos a presidente Dilma até onde foi possível. Até perceber que essas conquistas da nação brasileira corriam sérios riscos. Até constatar que há uma inversão de prioridades, onde o partido é mais importante que o país, onde a luta para não perder o poder está acima de tudo e perverte valores morais e éticos.

E o pior é que o essencial não vem sendo dito na campanha, nos debates. O que aparece é a ponta do iceberg. As consequências de medidas inadiáveis que não foram tomadas trarão enormes prejuízos. Serão indispensáveis atitude, coragem e liberdade para reverter o quadro negativo do governo, das estatais e da nossa economia para mantê-la competitiva. No meu entender, a presidente Dilma, refém do seu partido, perdeu as condições políticas de enfrentar tamanha crise. Está amarrada, cúmplice da manutenção de privilégios da companheirada. Não tem mais a confiança de grande parte da sociedade.

Fazem-se necessários um novo pacto federativo, a reforma tributária, a reforma política e uma gestão competente capaz de manter a estabilidade, promover o desenvolvimento, investir mais em infraestrutura e garantir as políticas sociais.

Continua após a publicidade

Para fortalecer a democracia, pelo bem do Brasil, considero oportuno buscar uma aliança com a Social Democracia. Propor um novo pacto político. Iniciar um novo ciclo. Oxigenar as relações, promover a alternância de poder. Salvar o Brasil de um desastre iminente.

O Aécio pode fazer isso. Eu acredito que fará. Sou pela mudança. Sou Aécio 45, presidente do Brasil.

APOIO A SARTORI:

Sou Sartori. Sem dúvidas, sou Sartori.

Embora entenda que o Rio Grande avançou nesses quatro anos, não avançou tanto quanto podia e necessitava.

Tenho convicção de que o Sartori reúne as condições para enfrentar os problemas que o atual governo não resolveu. Quero o melhor para o Rio Grande e, no momento, o melhor para o Rio Grande é eleger Sartori governador. Dia 26 de outubro, vote Sartori.

Sou PSB, voto 15.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=p8bjAwAVgnI?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=620&h=349%5D

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=4G6PuxKjd6U?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=620&h=349%5D

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

Continua após a publicidade
Publicidade