Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

A execução: Nem irmão da vítima tem certeza sobre racismo, mas imprensa tem

Diante da cobertura racialista feita pela imprensa da execução de Walter Scott por parte do policial Michael Thomas Slager, na Carolina do Sul, quase sempre com manchetes enfatizando a cor de cada um, comentei no Twitter: Nem o irmão da vítima tem certeza sobre a existência de motivação racial para a execução, mas a imprensa tem, como de costume. “Eu não acredito […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h40 - Publicado em 8 abr 2015, 17h23
Execução

Assista ao vídeo da execução no fim deste post

Diante da cobertura racialista feita pela imprensa da execução de Walter Scott por parte do policial Michael Thomas Slager, na Carolina do Sul, quase sempre com manchetes enfatizando a cor de cada um, comentei no Twitter:

Captura de Tela 2015-04-08 às 15.51.43Nem o irmão da vítima tem certeza sobre a existência de motivação racial para a execução, mas a imprensa tem, como de costume. “Eu não acredito nisso, mas eu não sei”, declarou Anthony Scott. “Não acredito que todos os policiais sejam maus policiais, mas existem alguns maus policiais por aí”, acrescentou, de modo exemplar.

No caso Eric Garner, ademais bem diferente, a família tampouco comprou a tese racial: a viúva Esaw Garner declarou no programa “Meet the press”, da NBC News: “Eu realmente não sinto como se fosse uma coisa de negro e branco.” Dois dias antes, na CNN, a filha de Eric, Erica Garner, já havia respondido o mesmo: “Esta não é uma questão de negro e branco”.

Felizmente, como se vê, ainda há pessoas neste mundo que, mesmo nos momentos de dor, conservam a lucidez e o senso de verdade ausentes em jornalistas americanos e brasileiros, mesmo em condições normais de temperatura e pressão.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=fg3GrfR2wiQ?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=620&h=349%5D

Continua após a publicidade

* Relembre também aqui no blog:
Só falta a manchete: “Polícia francesa mata homem negro”

E mais:

Caso Trayvon Martin:
– Vídeo imperdível legendado: Radialista negro desmascara âncora da CNN sobre racismo

Caso Michael Brown:
– Ferguson: Cai a farsa esquerdista! Júri decide não indiciar policial branco por morte de ‘jovem’ negro; e promotor educa mídia sobre provas físicas contra agenda política. Protestos continuam: militância não se importa com fatos
– Violência de negros contra brancos nos EUA é mais de 25 vezes maior que o inverso, mas jornais escondem dados
– Após ter loja de bolos vandalizada por militantes raciais, confeiteira negra recebe doações na internet
– Ferguson na Veja: não houve crime, mas, nesse caso, os fatos não têm vez

Caso Eric Garner:
– “Não se coloque entre um esquerdista e seus impostos”
– ‘SANGUE NAS MÃOS’ DA ESQUERDA: Homem negro mata dois policiais em retaliação às mortes de Michael Brown e Eric Garner. Colegas de farda viram as costas para prefeito esquerdista de Nova York. Filho de vítima lamenta: ‘É horrível que alguém seja baleado só por ser um policial’

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade
Publicidade