Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Porta entreaberta

Talvez Bolsonaro esteja avaliando custo-benefício do embate inútil com o Senado

A motivação não é republicana. Jair Bolsonaro entreabriu a porta para rever a indicação do filho Eduardo para a embaixada em Washington porque não quer submeter “o garoto” a um “fracasso” e não pela óbvia razão de que tal indicação não preenche os requisitos do bom senso governamental.

De qualquer forma, o que parecia inamovível pode vir a ser removível. Talvez o presidente esteja avaliando a relação de custo-benefício de um embate inútil com o Senado, notadamente em meio a assuntos de interesse na Casa como reformas e o futuro exame do nome escolhido por ele para comandar a Procuradoria-Geral da República.

Essa a hipótese mais otimista. A realista indica que ele possa reavaliar a indicação apenas porque uma bela vitória esteja fora de cogitação enquanto se desenha no horizonte a possibilidade de uma feia derrota.

De tudo fica o seguinte: a ocupação da embaixada nos EUA nunca foi, ao menos em tempos recentes, um problema. Passou a ser com Jair Bolsonaro a bordo de sua infindável capacidade de criar confusão onde reina a normalidade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s