Clique e assine com 88% de desconto
Dora Kramer Por Coluna Coisas da política. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Do mesmo tamanho

Moro não saiu maior nem menor da audiência na CCJ do Senado

Por Dora Kramer - 19 jun 2019, 18h02

Durante quase nove horas o ministro Sérgio Moro respondeu com serenidade às perguntas dos senadores na Comissão de Constituição e Justiça. Foi objetivo e convincente nas explicações sobre as mensagens entre ele e o procurador Deltan Dallagnol.

Ocorre, contudo, que lá no Congresso e aqui fora as torcidas não estão minimamente interessadas em ser convencidas das razões dos envolvidos nesse e em outros casos rumorosos da República. Querem, antes, ver as coisas da forma que reforcem suas opiniões já formadas com base nas circunstâncias políticas e/ou profissionais de cada um. Os aliados apoiam e os opositores detratam.

De onde Moro não saiu maior nem menor da audiência no Senado. Se alguma avaliação de perda e ganho pode ser feita, constata-se que a balança pendeu a favor do ministro, pois os opositores não quiseram ou não puderam patrocinar um massacre bem fazer Sérgio Moro perder a estribeiras. Ainda assim a passagem pela CCJ não altera sua posição no cenário de arranca-rabo vigente.

Publicidade