Clique e assine a partir de 8,90/mês
Dora Kramer Por Coluna Coisas da política. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsa-bode

Renda Cidadã parece bode para tornar palatável novo imposto

Por Dora Kramer - Atualizado em 2 out 2020, 15h09 - Publicado em 29 set 2020, 11h59

O desenho do programa Renda Cidadã parece ter sido apresentado ao molde de um balão de ensaio destinado a não ir adiante tantas e tão consistentes são as evidência de que a ideia de dar calote em precatórios e garfar parte dos recursos do Fundeb assemelha-se às pedaladas que não levaram Dilma Rousseff e um bom termo.

A diversas vezes manifestada preocupação do presidente da República em não dar pretexto para abertura de processo de impeachment não combina com a imprudência política e legal da proposta. Portanto, parece um “bode” criado para tornar mais aceitável a criação de novo imposto, a fim de atender à necessidade de o governo ter dinheiro para dar aos mais pobres.

É contabilidade criativa na veia e, por isso, se Jair Bolsonaro não quiser se pôr em zona de risco (e ele não quer) a ideia deverá morrer no nascedouro.

Publicidade