Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Dora Kramer Por Coluna Coisas da política. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Alfinete nos tucanos

PSD antecipa lançamento de Pacheco para fazer contraponto à confusão no PSDB

Por Dora Kramer 25 nov 2021, 08h34

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, resolveu antecipar o lançamento da candidatura do senador Rodrigo Pacheco à Presidência da República – inicialmente previsto para janeiro ou fevereiro – entre outras razões para dar uma alfinetada nos tucanos.

Kassab olhou a confusão reinante no PSDB por causa da falha no aplicativo de votação nas prévias e enxergou uma chance de fazer um contraponto. Mostrar que ao contrário do partido que já foi seu aliado, a legenda que preside é organizada, unida e perfeitamente capaz de lançar uma candidatura sem conturbações.

Há, também, outras duas razões: enterrar os boatos de que a ideia do PSD seria se aliar ao PT de Lula e ocupar espaço nesse momento em que Sergio Moro se movimenta em busca de alianças e Jair Bolsonaro se acerta com o PL. Afinal, embora haja muito oportunismo na política, pesa também o senso de oportunidade.

Publicidade