Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Site calcula o custo de vida pelo mundo e divulga ranking das cidades mais caras para morar no Brasil e no exterior

O que é mais caro, morar em Dubai ou em Londres? E entre Rio de Janeiro e Miami, onde gasta-se mais? E qual a metrópole mais dispendiosa do mundo? Depois de trocar de cidade quatro vezes em apenas cinco anos, o engenheiro de software Gerardo Robledillo percebeu uma oportunidade de negócio: responder a essas perguntas. Com cada vez mais […]

O mapa das cidades mais caras do mundo segundo o site Expartisan (gradações do azul ao vermelho)

O mapa do custo de vida ao redor do mundo segundo o site Expatistan: gradações vão do verde claro (as cidades menos caras) ao vermelho (as cidades mais caras)

O que é mais caro, morar em Dubai ou em Londres? E entre Rio de Janeiro e Miami, onde gasta-se mais? E qual a metrópole mais dispendiosa do mundo? Depois de trocar de cidade quatro vezes em apenas cinco anos, o engenheiro de software Gerardo Robledillo percebeu uma oportunidade de negócio: responder a essas perguntas.

Com cada vez mais pessoas estudando e trabalhando no exterior, faltava uma ferramenta que as informasse sobre o custo de vida que as aguardava no local de destino. Sem saber de antemão quanto gastarão no dia a dia, muitos viajantes desavisados penam ao descobrir que a Coca-Cola que custava dois dólares em seu país de origem, custa o dobro no país em que morarão pelos próximos meses ou anos. E a Coca é apenas a ponta de um iceberg de gastos cotidianos que envolve aluguel, contas de água e luz, gorjetas etc.

Assim, em 2009 Robledillo criou o Expatistan, uma plataforma colaborativa que coleta preços variados ao redor do globo. A partir de uma cesta de produtos que serve como base e de índices de preços ao consumidor, o site calcula uma média de gastos de acordo com a cidade referida. As faixas de valores são refinadas pelos próprios usuários do site, que são convidados a relatar o preço de produtos e serviços nos locais onde moram. Há seis grupos de despesas sobre os quais se pode relatar preços: alimentação, moradia, vestuário, transporte, saúde e entretenimento. Quanto mais informações houver sobre os preços de uma mesma cidade, mais acurados são os dados sobre ela.

O Expatistan faz gratuitamente comparações-relâmpago entre duas metrópoles e diz na hora a diferença percentual de custos. Respondendo às perguntas no início deste post, Londres é 52% mais cara que Dubai e Miami é 14% mais cara do que o Rio de Janeiro. O site oferece ainda relatórios pagos contendo detalhes sobre as despesas previstas em diferentes localidades. Há ainda um ranking global constantemente atualizado das cidades mais caras do mundo todo.

A mais dispendiosa de todas é Zurique, na Suíça. Para se ter uma ideia, o aluguel de um apartamento de 85 metros quadrados mobiliado em uma área nobre custa 9.344 reais. Uma calça jeans Levi´s 501 sai por 338 reais –no Brasil, a mesma calça fica em torno de 200 reais. Já para um vidro de xampu e um desodorante desembolsa-se 15 reais em cada item.

As metrópoles mais caras do mundo são as seguintes:

expatistan_rkg

Há 13 cidades brasileiras entre as 245 mais caras listadas pelo site. A primeira a figurar no ranking é o Rio de Janeiro, que aparece na 108ª posição, à frente de Madri e Barcelona. A última é Fortaleza, na 197ª posição, à frente de Medelin, Budapeste e Cape Town. Abaixo, a listagem das cidades mais caras do país e o valor médio de aluguel (*) de um apartamento de 85 metros quadrados mobiliado em área nobre. Lembrando que a posição de cada uma delas no ranking não é determinada apenas pelo valor do aluguel, mas por uma cesta de produtos de várias categorias.


As cidades brasileiras mais caras do mundo
(e o custo do aluguel em cada uma delas *)

1ª) Rio de Janeiro
108ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 5.196

2ª) São Paulo
118ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 4.238

3ª) Brasília
154ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 3.282

4ª) Belo Horizonte
160ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 2.643

5ª) Campinas
161ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 2.576

6ª) São José dos Campos
174ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 2.271

7ª) Porto Alegre
177ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 2.588

8ª) Recife
178ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 3.161

9ª) Curitiba
182ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 2.535

10ª) Salvador
188ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 2.419

11ª) Goiânia
192ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 1.924

12ª) Florianópolis
193ª posição no ranking global
Aluguel de R$ 2.093

13ª) Fortaleza
197ª posição no ranking global
Aluguel de  R$ 1.951

Por Mariana Barros

>> Acompanhe os posts do Cidades sem Fronteiras no Facebook // Siga o blog no Twitter

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s