Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Cidades sem Fronteiras Por Mariana Barros A cada mês, cinco milhões de pessoas trocam o campo pelo asfalto. Ao final do século seremos a única espécie totalmente urbana do planeta. Conheça aqui os desafios dessa histórica transformação.

Ilustrador italiano imagina edifícios projetados por artistas como Picasso e Miró

O italiano Federico Babina dedica-se a explorar as relações entre arte e arquitetura. Em suas criações, ele expressa a ideia de que as duas disciplinas conversam entre si e tocam uma à outra. “A função e a definição da arquitetura está constantemente mudando conforme a arte contemporânea desenvolve-se “, diz ele, que é formado em arquitetura […]

Por Mariana Barros Atualizado em 31 jul 2020, 03h59 - Publicado em 25 abr 2014, 13h56
Casa modernista projetada por Roy Linchtestein, uma das composições da série

Como seria uma casa modernista projetada por Roy Linchtestein, uma das composições da série

O italiano Federico Babina dedica-se a explorar as relações entre arte e arquitetura. Em suas criações, ele expressa a ideia de que as duas disciplinas conversam entre si e tocam uma à outra. “A função e a definição da arquitetura está constantemente mudando conforme a arte contemporânea desenvolve-se “, diz ele, que é formado em arquitetura e assina diversas séries de ilustração artística.  A seus olhos, a fachada de um prédio pode ser comparada a uma pintura a óleo, e as esculturas não deixam de ser projetos arquitetônicos em miniatura.

A comparação serviu de mote para que ele imaginasse como seria um edifício projetado por Pablo Picasso ou um museu desenhado por Joan Miró.  Assim foi concebida a série Archist, composta por 27 desenhos, com traços inspirados em alguns dos mais renomados artistas modernos e contemporâneos. Cada um deles pode ser adquirido na forma de pôsters, à venda por 24,96 dólares. No site, também está disponível a série mais recente de Babina, batizada de Archi_portrait. Composta por retratos ilustrados, ela traz representações de arquitetos como Mies Van der Rohe, Frank Gehry e Oscar Niemeyer. Para conhecer mais trabalhos de Babina, acesse aqui.

 

O estilo de Pablo Picasso aplicado a um projeto arquitetônico originaria um edifício cubista

O estilo de Pablo Picasso aplicado a um projeto arquitetônico originaria uma espécie de prédio cubista

 

Joan Miró poderia ter projetado o edifício acima

Joan Miró poderia ter projetado o edifício acima

Continua após a publicidade

 

Uma casa surrealista de traços inspirados em Salvador Dalí

Uma casa surrealista de traços inspirados em Salvador Dalí

Série Archist, em que o ilustrador Federico Babina imagina edifícios projetados por artistas

Acima, a série completa Archist,disponível para venda

 

Retrato de Niemeyer pelo italiano Babina, parte da série Archi_Portrait

Retrato de Niemeyer pelo italiano Babina, parte do projeto Archi_Portrait

Frank Gehry também representado na série

Frank Gehry também está entre os arquitetos renomados representados

>>Participe da comunidade do Cidades sem Fronteiras no Facebook // Siga o blog no Twitter

Continua após a publicidade
Publicidade