Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
CannabiZ Por Ricardo Amorim Novidades e reflexões sobre o mercado da cannabis legal, no Brasil e no mundo

Liga de baseball tira ‘Cannabis’ da lista de substâncias proibidas

MLB anunciou ainda que passará a fazer testes para detectar o uso de opioides e cocaína entre os atletas; ambas as medidas passam a vigorar em 2020

Por Ricardo Amorim - Atualizado em 13 dez 2019, 19h14 - Publicado em 13 dez 2019, 18h58

A MLB (Major League Baseball), federação de baseball americana, excluiu a Cannabis da lista de substâncias proibidas a seus atletas. Antes classificada entre as chamadas “drugs of abuse”, a erva deixou o grupo. No mesmo comunicado, a entidade esportiva informou que passaria a exigir exames para detectar o uso de opioides e cocaína já a partir de 2020. Os jogadores flagrados serão encaminhados a tratamento, segundo os dirigentes.

A decisão da MLB é um reconhecimento ao potencial terapêutico da cannabis e demonstração de respeito ao uso social adulto, legalizado em boa parte das sedes dos times que disputam a liga. Bela notícia!

Clique aqui para a fonte (em inglês)

Publicidade