Clique e assine a partir de 8,90/mês
CannabiZ Por Ricardo Amorim Novidades e reflexões sobre o mercado da cannabis legal, no Brasil e no mundo

Brewpub paulistano oferece cerveja com aroma de cannabis

Bar-cervejaria da zona oeste de São Paulo usa os terpenos da erva para temperar a bebida

Por Ricardo Amorim - Atualizado em 30 jul 2020, 18h50 - Publicado em 3 jul 2020, 10h38
Jive Series: tempero de cannabis Caravan Studio/Divulgação

A onda da cannabis chegou ao mercado cervejeiro do Brasil (sem duplo sentido, por favor). Aproveitando o crescimento do interesse pela planta e suas propriedades medicinais, o brewpub paulistano Caravan Studio lançou recentemente uma linha de cervejas temperadas com terpenos extraídos da cannabis. Terpenos são os compostos responsáveis pelo aroma de diversos vegetais. Na cannabis, respondem pelo odor característico da planta e agem como coadjuvantes terapêuticos, potencializando os efeitos medicinais da erva. Assim como o canabidiol (CBD), os terpenos também não têm qualquer propriedade psicoativa. Portanto, nas cervejas do Caravan funcionam tão somente como “condimentos”, para ampliar a experiência sensorial do consumidor.

Depois de vermos cervejeiros lançando produtos com ingredientes insólitos como leite condensado, melancia e até caranguejo (essa última caseira, segundo fui informado), não estranha o surgimento da linha terpenada do Caravan. Principalmente para quem sabe que um dos principais ingredientes da cerveja, o lúpulo, responsável pelo aroma e pelo amargor característicos da bebida, é uma planta prima da cannabis. Ou seja, muita gente pode acabar sem saber definir qual das primas é a responsável por aqueles aromas herbais, cítricos e terrosos que sentimos nas cervejas, principalmente nas artesanais. Um dos defeitos mais comuns da bebida, inclusive, se manifesta quando o líquido ganha exposição excessiva à luz solar, produzindo cheiro de skunk (gambá). Não por acaso, este também é o nome pelo qual é conhecida uma variedade específica de cannabis, justamente pela similaridade de seu odor com o do fedorento marsupial.

Obviamente este não é o caso dos produtos do Caravan. Segundo o mestre-cervejeiro Jaimes Almeida Neto, um dos sócios do brewpub, os terpenos da cannabis são adicionados a cervejas do estilo sour, conhecidas pela acidez acentuada e aromas mais suaves. Assim, acredito (ainda não degustei), seus aromas devem se destacar no conjunto. A linha especial foi batizada com o nome Jive Series e inclui quatro rótulos: Super Sour Diesel; Sour Tange; Sour Lemon Skunk e Maui Wowie. Os terpenos são adicionados na fase de maturação da cerveja, quando a bebida já está quase pronta para ser envasada. O Caravan utiliza terpenos isolados extraídos de plantas do cânhamo, produzidos pela empresa americana True Terpenes, especializada nesses compostos para uso na indústria de alimentos e bebidas.

Em tempos de distanciamento social, o Caravan está trabalhando com entregas na cidade de São Paulo por meio do site www.caravanemcasa.com.br. Por R$ 100 é possível adquirir um kit com quatro litros, um de cada das quatro versões das cervejas terpenadas. O Caravan Studio fica na Rua Ferreira de Araújo, 589, em Pinheiros, zona oeste da capital.

Continua após a publicidade
Publicidade