Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Blog da Rússia Em detalhes, a cobertura da Copa do Mundo de 2018

A Copa ainda vai esquentar em Moscou

O Mundial 2018 ainda não empolga os russos

Por Silvio Nascimento Atualizado em 15 jun 2018, 17h06 - Publicado em 15 jun 2018, 07h21

MOSCOU – A Copa do Mundo começou, a Rússia estreou com goleada, mas em muitos lugares em Moscou, até nas cercanias dos estádios, os jogos parecem não entusiasmar os russos. No caminho do aeroporto ao centro da cidade – com trânsito tão confuso como das grandes cidades brasileiras -, muitas buzinadas e roncos de motores de motocicletas em frenéticas trocas de marcha, poucas referências ao Mundial.

  • Torcida mesmo somente no metrô, já na estação que dá acesso ao estádio, em várias línguas e sons, com gaitas, alguns batuques meio fora de ritmo, um ou outro grito que lembra torcida organizada. Mas não eram russos. No estádio, os cinco gols na Arábia Saudita pouco contagiaram a torcida de casa. O dia era de festa, parecia não importar muito o resultado.

    No english

    Qualquer pedido de informação nas ruas, até o mais comum, para chegar ao estádio parece pergunta sem resposta adequada. É difícil saber se as pessoas ficam indignadas ou simplesmente não entendem. Em Moscou, quase ninguém fala alguma coisa que não seja russo. Jovens, velhos, guardas, ninguém. Voluntários da Copa, no caminho da Praça Vermelha, tentam dar uma explicação do caminho para chegar ao local, mas em vão. É quase uma briga. Mesmo decorando uma pergunta em russo, a resposta vem… em russo. É um teste de paciência.

    Maioria dos restaurante cardápio só em russo, placas de ruas, lojas, tudo. Até em hotéis de bandeira estrangeira, os atendentes falam um inglês tímido, muitas vezes confuso nas informações.

    Torcida gringa

    Nas ruas mais centrais pouca referência ao futebol. Mas a cidade tem muitos turistas, estes, sim, vestindo as cores de seu país, em bandeiras, camisas de futebol ou roupas esportivas em geral. Sempre agasalhados. Isso porque o sol quente às vésperas do verão contrasta com o vento frio, às vezes gelado, em locais com muita sombra ou mais ao fim do dia. A temperatura vai de 19, 20 graus a 11, 12 rapidamente.

    É um festival de uniformes a caminho da Praça Vermelha, são bandeiras de Portugal, França, Argentina, Peru, muitas famílias, jovens, aparentemente em férias. Com o jogo da Argentina neste sábado, pode ser que a Copa esquente um pouco.

    Continua após a publicidade
    Publicidade