Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Bahia Por VEJA Correspondentes Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens baianos.

PMs matam delegado da Polícia Civil no interior da Bahia

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os PMs apuravam uma denúncia de roubo quando assassinaram José Carlos Mastique de Castro Filho

Por Rodrigo Daniel Silva Atualizado em 29 abr 2019, 07h27 - Publicado em 28 abr 2019, 21h53

O delegado da Polícia Civil da Bahia José Carlos Mastique de Castro Filho foi morto por policiais militares na madrugada deste domingo, 28, em Itabuna, no interior do estado. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os PMs apuravam uma denúncia de roubo quando assassinaram Castro Filho.

O órgão não informou o número de policiais militares que estavam na ação. Segundo o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), o delegado estava em um posto de gasolina e tentou proteger a namorada de um PM, que estava de folga, embriagado e queria agredir a companheira

Ainda segundo o sindicato, ao ser abordado pelos PMs, o delegado se identificou como policial e, ao pegar a arma para entregá-la aos agentes, foi baleado e morreu. O Sindpoc diz que o autor do disparo foi um cabo da PM identificado como Cleomario e ainda acusa os autores do crime de simular o socorro à vítima para o modificar o local da ocorrência. O sindicato classifica a ação dos PMs como “desastrosa”.

A Secretaria da Segurança Pública do governo da Bahia informou que a Corregedoria Geral do órgão acompanha as investigações da 6ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin).

Continua após a publicidade
Publicidade